28/05/2020 às 19h06min - Atualizada em 28/05/2020 às 19h06min

Em plena pandemia, Cocalinho define salário de prefeito a 19 mil e de vereador a 5 mil

Estes novos ordenados serão cumpridos a partir de 2021; uma grande contradição porque o país vai enfrentar a crise pós-pandemia da Covid-19

Romilson Dourado / RDNews
ARAGUAIA NOTÍCIA
Dalva sancionou aumento aprovado pelos vereadores


Com sete meses de antecedência e em plena crise econômica e sanitária agravada pelo coronavírus, vereadores de Cocalinho, município do Araguaia com menos de seis mil habitantes, já aprovaram reajuste salarial para 2021, se estendendo até 2024.

E a prefeita Dalva Maria Peres sancionou a Lei  887/2020 na última segunda (25), fixando os novos subsídios. Com isso, quem se eleger tanto para vereador quanto a prefeito e a vice, tomará posse com salário quase 5% a mais do valor atual. E a cada ano, haverá reajuste com base no INPC/IBGE.

Vereadores vão ganhar R$ 5 mil e, presidente da Câmara, R$ 6,5 mil. Subsídio de prefeito passará para R$ 19 mil; de vice, para R$ 9,5 mil, e secretários municipais, R$ 5 mil.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%