27/05/2020 às 11h18min - Atualizada em 27/05/2020 às 11h18min

Em menos de uma semana, garota é presa duas vezes por tráfico; ela estava solta por estar grávida

Na primeira oportunidade ela foi flagrada com 14 quilos num ônibus da Itamarati vindo para Barra; e agora caiu com 2 quilos em Pontal do Araguaia

Araguaia Notícia


Uma mulher de 22 anos foi presa pela segunda vez em menos de uma semana sob acusação de tráfico. A jovem W.R.C. estava juntamente com mais três homens numa casa em Pontal do Araguaia onde funcionava uma boca de fumo, segundo a Polícia Militar informou ao site Araguaia Notícia.

Essa moça tinha sido presa no dia 19/5 com mais de 14 quilos de maconha num ônibus da Itamarati abordado na Br 070 na cidade de General Carneiro-MT. Naquela ocasião chamou atenção que ela ao perceber a presença da polícia jogou o telefone com toda força no piso do ônibus para danificá-lo e com isso segundo a PM encobrir comparsas.

A jovem foi solta logo na sequencia provavelmente pelo fato de estar grávida e ter filhos menores. E infelizmente voltou a se envolver com denúncia de tráfico, agora em Pontal do Araguaia, por volta das 22 horas de terça-feira. 

Após denúncias anônimas, A PM foi até o bairro João Rocha verificar uma residência com grande movimentação de pessoas, entrando e saindo, e que possivelmente os ocupantes da casa estariam comercializando entorpecentes.

A Força Tática esteve lá e os policiais ao se aproximarem avistaram dois suspeitos na frente casa, percebendo que seriam abordados um deles arremessou uma porção de maconha no chão e correram para dentro da residência.

Além dos dois que correram, também estavam dentro da casa os dois suspeitos citados pelas denúncias, moradores da residência.

Em cima da geladeira foi encontrado três munições intactas de calibre 38, R$ 330,00 em dinheiro, um caderno com anotações das vendas e materiais utilizados para embalar entorpecente.
 
No quintal, foi encontrado num buraco dois tabletes de maconha que pesam juntos aproximadamente 1.850 kg. Os quatros acusados foram conduzidos para Polícia Civil juntamente com todo material apreendido.

A Polícia Civil confirmou o flagrante contra a jovem de 22 anos e T.R.M. de 19 anos. E dois foram liberados da acusação de tráfico.


 
Primeira prisão na rodovia Br 070
 

A W.R.C foi presa primeiramente no dia 19/5 com mais de 14 quilos de entorpecentes. No momento que foi abordada dentro do ônibus ela estava com um celular que arremessou com toda força no piso do ônibus danificando a tela do aparelho.

Segundo a polícia com intenção de ocultar nomes e mensagens de comparsas sobre o carregamento de entorpecente que estava trazendo.

A jovem W.R.C. estava vindo num ônibus da empresa Itamarati de Rondonópolis e tinha como destino Barra do Garças. A abordagem foi numa operação integrada entre Polícia Militar e Polícia Rodoviária federal no km 67 da Br 070 por volta do meio-dia de terça-feira dia 19/5.

A acusada estava com as mochilas perto dos pés e no colo no instante que surpreendida com a entrada dos policiais no ônibus. Foram apreendidos 22 volumes, sendo 9 pacotes e 13 tabletes mais uma pequena porção a parte.

Após danificar o aparelho, a mulher ficou muda e não respondeu mais as perguntas dos policiais sendo então retirada do veículo e encaminhada a delegacia da Polícia Civil.

Entre os pertences pessoais da jovem, a polícia verificou um cartão do bolsa família.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%