24/05/2020 às 19h43min - Atualizada em 24/05/2020 às 19h43min

Boletim de domingo revela que Barra do Garças está diminuindo o surgimento de novos casos de coronavírus

De acordo com a SES, surgiram três novos casos na Barra nas últimas 72 horas demonstrando que as medidas adotadas pela prefeitura estão surtindo efeito e conseguindo achatar a curva epidemiológica da doença. E Mato Grosso registrou 3 óbitos nas últimas horas sendo duas em Cuiabá e uma em Cotriguaçu

Araguaia Notícia


A semana terminou mais tranquila para Barra do Garças e conforme boletim atualizado de domingo (24/5) o município tem 65 casos confirmados do novo coronavírus, Covid-19. Porém diminuiu em 74% a quantidade de casos que vinha registrando nos últimos dias. Já são 20 dias sem ter óbito e surgiram três novos casos em 72 horas. De certa forma a doença regrediu na cidade com as medidas de prevenção que foram implantadas pelo prefeito Roberto Farias com apoio de toda equipe da Secretaria de Saúde.

Todos se recordam que o prefeito Roberto Farias chegou ameaçar de decretar o lockdow (fechar tudo) e voltou a proibir aglomerações na cidade colocando a Vigilância Sanitária com apoio da Defesa Civil e a Polícia nas ruas para exigir o uso de máscara e proibir aglomerações. Parece que as medidas estão dando certo. E a vontade de todos é que continue assim na semana que vai começar. Lembrando que Barra já tem 13 recuperados da Covid e tem nove pacientes hospitalizados sendo 4 na UTI e 5 na enfermaria conforme levantamento do site Araguaia Notícia.

Em termos de Mato Grosso, a SES confirmou neste domingo a existência de 1.464 casos confirmados da Covid-19 com infelizmente 40 óbitos em decorrência da disseminação da doença no estad. As últimas três mortes envolveram dois residentes de Cuiabá e um de Cotriguaçu.

Os casos confirmados estão em Cuiabá (489), Várzea Grande (124), Rondonópolis (112), Primavera do Leste (71), Tangará da Serra (66), Barra do Garças (65), Lucas do Rio Verde (46), Sorriso (37), Confresa (35), Sinop (34), Rosário Oeste (34), Jaciara (25), Peixoto de Azevedo (21), Cáceres (19), Nova Mutum (18), Pontes e Lacerda (17), Alta Floresta (16), Querência (15),  Mirassol D’Oeste (10), Tapurah (9), Chapada dos Guimarães (9), Campo Verde (9), Vila Rica (7), Jangada (7), Campo Novo do Parecis (7), Aripuanã (7), Alto Araguaia (7), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Sapezal (5), Pontal do Araguaia (5), Nova Ubiratã (5), Juína (5), Ribeirão Cascalheira (4), Matupá (4), Guarantã do Norte (4), Curvelândia (4), Acorizal (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Nossa Senhora do Livramento (3), Ipiranga do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Água Boa (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Santo Antônio de Leverger (2), Rondolândia (2), Poxoréo (2), Pedra Preta (2), Juscimeira (2), Jauru (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Colíder (2), Canarana (2), Bom Jesus do Araguaia (2), União do Sul (1), Terra Nova do Norte (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santa Rita do Trivelato (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nobres (1), Marcelândia (1), Luciara (1), Lambari D’Oeste (1), Juara (1), Campos de Júlio (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (28).
 
Mato Grosso tem 844 estão em isolamento domiciliar e 460 estão recuperados. Há ainda 120 pacientes hospitalizados, sendo 58 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 62 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 265 leitos de UTI e 874 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado. 

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 427 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 5.068 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 195 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até o sábado (23), o Governo Federal confirmou 347.398 casos da Covid-19 no Brasil e 22.013 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 21.048 mortes e 330.890 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os números deste domingo (24).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Boletim de domingo 24/5
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%