22/05/2020 às 09h10min - Atualizada em 22/05/2020 às 09h10min

Vereadores acusam prefeita de São Félix do Araguaia de não repassar R$ 1,3 mi dos servidores

Vereadores denunciaram ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso

Folha Max
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Prefeita de São Félix do Araguaia, Janailza Taveira Foto: Reprodução


O Ministério Público do Estado (MPMT) instaurou um inquérito para apurar um desvio de R$ 1,3 milhão da previdência dos servidores públicos municipais de São Félix do Araguaia (1.173 KM de Cuiabá). A prefeita da cidade, Janailza Taveira (SD), estaria por trás da suposta irregularidade.

De acordo com informações da portaria que oficializou a investigação, assinada pela promotora de justiça Ana Paula Silveira Parente no último dia 15 de maio, a própria Câmara de Vereadores de São Félix do Araguaia denunciou a falta do repasse por meio de um ofício.

Os vereadores afirmam que o recolhimento das contribuições previdenciárias dos servidores não foi repassado ao Instituto Municipal de Previdência de São Félix do Araguaia (IPASFA) entre novembro de 2018 e agosto de 2019.

O inquérito civil é uma etapa anterior de uma ação na justiça, caso as irregularidades sejam confirmadas pelo MPMT.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%