20/05/2020 às 10h49min - Atualizada em 20/05/2020 às 10h49min

Acusado de furtar veículos para desmanche é preso pela Derf de Barra do Garças

O suspeito tinha percorrido vários estados e até saiu do Brasil para escapar e acabou pela Derf

Araguaia Notícia


Na tarde de terça-feira (19/5) a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) conseguiu prender o indiciado A.L.C.S., de 35 anos, que está envolvido com um grupo criminoso que pegava veículos furtados e roubados para desmanche em Barra do Garças.

Esse foi o desfecho das investigações que se iniciaram no dia 07/04 quando foram presos quatro integrantes desta quadrilha: W.C.S, M.A.B.T., I.C.S , J.L.C. e R.S.S que atuavam juntos. Na ocasião A.L.C.S. foragiu sendo localizado somente agora.

Vale lembrar que no dia 28/04, a Derf localizou e apreendeu uma caminhonete D-20 e um caminhão pertencentes ao suspeito R.S.S. que foram escondidos numa chácara, logo após a sua prisão no dia 07/04.

Na caminhonete foram identificados o motor e o câmbio que pertencem a uma caminhonete Silverado, furtada em 2017, na cidade de Itaberaí-GO.
 
Das investigações
 
As investigações apontaram que A.L.C.S. é integrante do grupo que se associou para cometer os crimes de receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor tendo como função adquirir caminhonetes, por meio ilícito (furto ou roubo) e encaminhá-las até Barra do Garças, para a realização de adulteração ou desmanche.

Os desmontes dos veículos estavam ocorrendo na empresa de reciclagem de propriedade do preso R.S.S..
Neste sentido representou a Autoridade Policial pelo Mandado de Prisão do suspeito foragido, bem como pelo Mandado de Busca e Apreensão em sua residência.

Com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional da Polícia Civil de Barra do Garças-MT, os policiais da Derf sob a coordenação do delegado Nelder Pereira Martins, iniciaram incansáveis diligências para localizar e prender o suspeito A.L.C.S..

Desde o dia 07/04 o suspeito percorreu por vários estados brasileiros, chegando até a sair do país. Ao retornar permaneceu escondido dos radares da polícia civil.

Entretanto a Derf não descansou até que fosse possível, nessa tarde, realizar o cumprimento do Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela Segunda Vara Criminal da Comarca de Barra do Garças-MT. Ele mesmo confessou aos policiais que tem 23 processos e uma condenação por receptação que inclusive já cumpriu a pena. Na fuga, ele passou pelo Paraguai e vários estados vizinhos.

Conclusão
 
Desta forma a Polícia Civil cumpre a sua atribuição de investigar e reprimir as condutas criminosas, isolando seus autores da sociedade, colocando-os à disposição do Poder Judiciário, para que sejam assim aplicadas as Penas cabíveis.

Os criminosos responderão pelos crimes tipificados nos artigos 288, 180, Parágrafo 1° e 311, todos do Código Penal.
O indiciado A.L.C.S. encontra-se na cadeia pública de Barra do Garças-MT, à disposição da Justiça. O delegado Nelder vai conceder uma entrevista à imprensa local sobre este assunto na quinta-feira dia 21/5.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%