22/10/2013 às 18h00min - Atualizada em 22/10/2013 às 18h00min

Em 4 dias, Polícia apreende 90 kg de maconha

Agência da Notícia
Reprodução

Policiais rodoviários federais prenderam duas mulheres – uma de 17 e outra de 30 anos, que transportavam cerca de 40 quilos de maconha distribuídas em duas mochilas. A prisão da dupla ocorreu, nesta segunda-feira (21), em um posto de combustível em Rondonópolis (cidade a 210 quilômetros ao sul de Cuiabá).

Elas relataram aos policiais que pegaram o carregamento de entorpecentes no distrito de Ouro Branco em Itiquira (a 355 quilômetros ao sul) e levaria para Cuiabá.

Aos policiais, a menor alegou que a droga estava com ela inocentando a outra mulher. Os policiais, no entanto, acreditam que as duas sabiam o que transportavam.

Com a prisão da dupla, já chega a 90 quilos de maconha apreendidos por policiais rodoviários federais e também policiais federais desde quinta-feira em Rondonópolis.

No sábado à tarde, uma mulher de 27 anos foi presa por agentes federais com cerca de 30 quilos distribuídos em 30 tabletes camuflados em uma única mala. A prisão ocorreu, após os policiais receberem uma denúncia anônima.

Durante o interrogatório prestado na Delegacia, ela relatou que trouxe o carregamento de Campo Grande e entregaria o entorpecente para uma pessoa em Rondonópolis/MT, sem fornecer detalhes do traficante.

Na quinta feira a noite, policiais rodoviários federais prenderam uma mulher que carregava cerca de 30 quilos de maconha em 27 tabletes de maconha distribuídas em três malas. A prisão ocorreu próximo ao posto Alvorada em Rondonópolis.

Ela informou aos policiais que buscou o entorpecente em Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai e iria entregar em Cuiabá onde receberia R$ 2.500 pelo transporte.

Segundo a suspeita, ela contava com o dinheiro para comprar roupas para o filho de onze anos e consertar o barraco onde mora no bairro Centro América, em Cuiabá. O filho ficou sozinho em casa, pois não tem familiares na Capital.

Os policiais explicaram que suspeitaram da mulher que estava com dificuldade em carregar as malas que estavam com excesso de peso. Os policiais resolveram checar e descobriram que ela transportava um carregamento de maconha. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%