13/05/2020 às 11h43min - Atualizada em 13/05/2020 às 11h43min

Morador é preso após usar perfil de policial para assediar mulheres no Facebook

O suspeito foi autuado por assédio sexual, desobediência, difamação, resistência e falsidade ideológica

Olhar Alerta
ARAGUAIA NOTÍCIA


Um homem foi preso na noite de segunda-feira (11), após um policial militar descobrir que ele estava utilizando seu perfil para assediar mulheres por meio dos aplicativos Facebook e WhatsApp. A prisão aconteceu em um restaurante do Centro de Confresa.

Conforme apurou o site Olhar Alerta, o PM Rafael Braga tinha um número de celular vinculado a uma conta do Facebook, porém, cancelou o telefone e não teve mais acesso ao perfil em questão. Acredita-se que o suspeito tenha comprado o número e assim recuperou a conta da rede social. Ele começou a conversar com algumas mulheres como se fosse Braga, inclusive com a esposa e cunhada do policial. O falsário pedia fotos e enviava fotos íntimas para as mulheres.



Rafael Braga começou a conversar com o suspeito como se fosse sua esposa e marcou um encontro. Ao chegar no local onde havia marcado, Braga prendeu o morador e acionou a equipe de serviço da Polícia Militar.

O suspeito foi autuado por assédio sexual, desobediência, difamação, resistência e falsidade ideológica. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária Civil para providências cabíveis.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%