10/05/2020 às 20h22min - Atualizada em 10/05/2020 às 20h22min

“É muito triste não ter dado um velório digno pra ele”, diz filho sobre empresário vítima de Covid em Barra do Garças

Zolmiro faleceu no sábado devido ao Covid e foi sepultado rapidamente conforme orientação das autoridades sanitárias

Araguaia Notícia
Zolmiro tinha 72 anos e era muito conhecido em Barra do Garças


Atrás de números, há histórias de pessoas que não podem ser esquecidas mesmo em meio a pandemia. Entre as mais de 11 mil vítimas que o Brasil registra até o presente momento com a Covid tem pessoas bem pertinho da gente e aí é que percebemos que esse mal pode afetar qualquer um de nós.

A cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso, registrou infelizmente uma expansão de casos do novo coronavírus nesta semana pulando de seis para 27 pessoas infectadas. E lamentavelmente com três óbitos. Entre eles, a morte do empresário Zolmiro Porto Lima, de 72 anos, dono da Torneadora Irmãos Coragem, que faleceu no sábado, dia 9/5, no Hospital MedBarra.

Segundo informações da família, ele tinha problema de infecção pulmonar e fazia hemodiálise e no início do mês de abril ficou internado no Hospital MedBarra para facilitar no tratamento e foi justamente neste período que deu entrada naquela unidade hospitalar, o caminhoneiro de 54 anos, que veio a falecer no dia 20/4 e se tornou a primeira vítima fatal de Covid na Barra.

A família explica que o caminhoneiro estava numa área isolada, mas perto da UTI onde estava Zolmiro. Três dias depois da morte do caminhoneiro, o empresário teve alta e foi para casa. Porém voltou a passar mal no sábado (2/5) e foi novamente internado no MedBarra. E o quadro dele arruinou rapidamente com febre e tosse e foi entubado na segunda-feira (4/5) e na quinta-feira saiu o exame confirmando que estava com Covid.

O filho do empresário, Cleber Lima, explica que o pai faleceu no sábado de manhã, e devido a orientação das autoridades de Saúde, não pode sequer ter um enterro digno. A família recebeu o corpo do empresário dentro de um saco cinza e com a recomendação para enterrá-lo rapidamente.

Cleber salientou que desde a primeira internação como também na segunda, entre as pessoas da família, somente ele (Cleber) testou positivo para Covid-19. “Eu como tive mais contato com meu pai acabei contraindo. Minha esposa e as demais integrantes da família não pegaram. Eu não pude me despedir do pai. E o mais triste foi não realizar um enterro decente para o meu pai”, comentou.



Zolmiro era muito conhecido em Barra do Garças. Empresário, ele fundou juntamente com o irmão a Torneadora Irmãos Coragem na cidade de Torixoréu e depois transferiu a sede da loja para Barra do Garças cuja empresa está arrendada para terceiros.

Ele nasceu no dia 14 de março de 1948 na cidade de Piranhas-GO e foi criado no Vale dos Sonhos. Aliás a área que formou o distrito do Vale dos Sonhos pertenceu ao pai dele, João Batista Porto.

Zolmiro trabalhou na Sucam, morou em Rondonópolis e foi caminhoneiro por 15 anos. Deixa cinco filhos (duas filhas em Rondonópolis; dois homens e uma mulher em Barra do Garças).

Deixa também oito netos. Participou da loja maçônica de Pontal do Araguaia.



Cleber que está em isolamento social explica que no início teve sintomas leves e agora está sentindo mais nada. Ele explica que tomou simplesmente analgésico e vários chás principalmente de boldo.

Ficam aqui as condolências do site Araguaia Notícia ao sr Zolmiro muito conhecido em Barra do Garças e que se tornou mais uma vítima do Covid-19.

Já são três vítimas fatais e 27 casos confirmados. Essa situação ganha mais realidade quando números se tornam pessoas, gente que está bem perto de nós e que se foram.

Temos que nos proteger para vencer a pandemia seguindo as orientações de distanciamento social de 1,5 metro das pessoas, higiene das mãos e usar máscaras quando sair na rua. Logo estaremos vencendo a pandemia.

Descanse em paz Zolmiro
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%