10/05/2020 às 17h29min - Atualizada em 10/05/2020 às 17h29min

Sobe para 27 o número de infectados com Covid em Barra do Garças com 3 óbitos

O boletim de domingo divulgado pela Secretaria de Saúde é alerta para as pessoas se cuidarem mais e seguirem as orientações de prevenção

Araguaia Notícia


Voltou a aumentar o número de casos do novo coronavírus (Covid-19) na cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso. No boletim de domingo (10/5) divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde revela que o município tem 27 casos confirmados de infecção.

Infelizmente o município tem agora três óbitos confirmados. O caminhoneiro que faleceu no dia 20/4; do empresário de 72 anos que morreu no sábado e no domingo, o óbito do ex-prefeito de Ponte Branca, Sandoval Nogueira, de 82 anos. Os três pacientes faleceram no Hospital MedBarra onde três profissionais da saúde também se infectaram.

Aliás sobre essa infecção, infelizmente ela pode acontecer, pois os profissionais da saúde estão na frente de batalhão contra um adversário invisível e correm mais risco do que outras pessoas. Lamentamos o que ocorreu com os profissionais de saúde e claro também pelas vítimas fatais do Covid até aqui.

O boletim da prefeitura demonstra que aumentou em torno de 540% o número de casos, que até então era de 6 e passou a contabilizar 27 pacientes infectados. Trata-se de um alerta para que todos redobrem os cuidados e sigam as orientações de ficar em casa, distanciamento social de 1,5 metro de outra pessoa, uso de máscara e lavar bem as mãos.

A cidade de Barra do Garças tem no momento seis pacientes internados com Covid-19, nove já se recuperaram, três óbitos e nove estão em isolamento domiciliar. Já foram 48 notificações e 153 de síndrome gripal.

Atenção sobre os testes rápidos

A Secretaria de Saúde alerta que os testes rápidos são de triagem e não de diagnóstico. para o uso de testes rápidos, os mesmos precisam ter a validação pela Anvisa e Incqs, sendo assim, a Secretaria Estadual de Saúde de MT não fará essa avaliação dos fornecedores. por esse critério, está sendo padronizado que os casos sintomáticos que tiverem teste rápido Iigm, e que a investigação esteja concluída e lançada no sistema oficial sivep-gripe.
 
Serão contabilizados como casos confirmados e entrarão no boletim normalmente. é importante destacar que os testes rápidos não são de primeira escolha para o monitoramento de casos suspeitos, devendo ser avaliados em conjunto com a clínica e a história epidemiológica. o uso sem critérios epidemiológicos pode apresentar risco.
 
Acompanhe boletim de domingo (10/5) de Barra do Garças
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%