08/05/2020 às 21h32min - Atualizada em 08/05/2020 às 21h32min

Caminhoneiro testa positivo para Covid em Pontal e desrespeitou isolamento diz Secretaria de Saúde

Família do salão onde ele vai entrar na justiça contra caminhoneiro

Araguaia Notícia


Foi confirmado neste sábado (9/5) o segundo caso do novo coronavírus (Covid-19) em Pontal do Araguaia-MT, pois deu positivo o exame do caminhoneiro de 43 anos que estava aguardando o resultado laboratorial. Ele veio do sul do país com sintomas e foi notificado para ficar em casa segundo a Secretaria de Saúde do município a partir do dia 6 de maio. E no mesmo dia o caminhão dele passou por uma desinfecção.

Todavia, neste mesmo dia o caminhoneiro esteve num salão onde cortou cabelo e lá estavam o dono do salão, esposa e uma criança de 10 anos de idade. A secretária de Saúde de Pontal do Araguaia, Joice Moura, confirmou ao site Araguaia Notícia que o caminhoneiro teria quebrado a notificação de isolamento.

“Foi feita a notificação para que ele ficasse em casa aguardando o resultado do exame, porém isso não aconteceu. Agora temos que monitorar também as pessoas com que ele teve contato”, completou a secretária.

Na sexta-feira o site Araguaia Notícia teve contato com a cunhada do caminhoneiro que alegou que o motorista teria cortado o cabelo antes da notificação. E já neste sábado voltamos a falar com ela, e desta vez ela disse que não tinha conhecimento da notificação.



“Nós lamentos essa situação esperamos que a família do salão não tenha nenhuma consequência com isso. Meu cunhado está isolado no quarto e sem contato com mais ninguém da família. Ele está tomando os medicamentos e está bem. Estamos preocupados porque ele tem problema com obesidade e diabetes”, explicou.

A família do proprietário de salão de beleza decidiu contratar a advogada Rogéria Costa Moura e registrou queixa na manhã de sábado na Polícia Civil contra atitude do caminhoneiro.

“A família está em choque porque se ele já estava notificado como diz a Secretaria de Saúde jamais ele poderia ter saído de casa, ou seja, quebrado o isolamento social. A atitude dele coloca em risco a vida de terceiros e até mesmo de uma criança de 10 anos”, explica a advogada que mencionou o artigo 268 do Código Penal (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena – detenção, de um mês a um ano, e multa

“Nós confeccionamos um boletim de ocorrência contra o caminhoneiro e vamos interpela-lo judicialmente por isso”, completou Rogéria.

A questão de isolamento é muito séria conforme preconiza as autoridades da saúde principalmente quando existe algum caso suspeito. Pedimos as pessoas que respeitem a orientação da saúde a vida de terceiros pode estar em risco.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%