05/05/2020 às 16h35min - Atualizada em 05/05/2020 às 16h35min

Morador de Confresa é diagnosticado com Coronavírus em Tocantins; é o 4º caso confirmado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (04.05), 344 casos confirmados da Covid-19 em MT

Agencia da Notícia
ARAGUAIA NOTÍCIA


A Secretaria Municipal de Saúde de Confresa confirmou o quarto caso de contágio pelo Coronavírus do município, desta vez uma moradora de Confresa foi diagnosticada com o vírus na capital de Tocantins, Palmas.

O paciente está internado em um hospital de Palmas onde é monitorado por uma equipe médica.

Confresa ainda tem dois casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, além de 51 casos em monitoramentos, dois descartados e um caso recuperado.

Cenário Estadual 

Dos 344 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 105 estão em isolamento domiciliar e 205 estão recuperados. Há ainda 21 pacientes hospitalizados, sendo 13 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 8 em enfermaria. 

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 98 leitos de UTI e 400 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 57% dos diagnosticados são do sexo feminino e 43% masculino; além disso, 162 pacientes têm faixa-etária entre 36 a 55 anos. O documento ainda aponta que um total de 2.178 amostras já foram processadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 70 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.



Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções
respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%