23/04/2020 às 11h06min - Atualizada em 23/04/2020 às 11h06min

Para combater pandemia, UFMT antecipa colação de médicos e enfermeiros

Os novos profissionais vão reforçar a força tarefa contra o Covid-19 em MT

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) autorizou a antecipação da formatura dos estudantes de medicina, no campus, em Cuiabá, e de enfermagem, nos campi do Araguaia e Rondonópolis, conforme autorização do Ministério da Educação (MEC), no dia 9 deste mês.

Vão colar grau para 45 estudantes da UFMT, sendo 24 de medicina e 21 de enfermagem, que se enquadram nos critérios exigidos pelo MEC, entre eles a conclusão de 75% do internato de medicina, praticado nos dois últimos anos do curso, e os alunos de enfermagem precisaram ter concluído a mesma porcentagem do estágio obrigatório.

A antecipação foi permitida para que os recém-formados ajudem nos atendimentos aos casos do novo coronavírus no estado. Até a tarde de quarta-feira (22), seis pessoas morreram com a doença e 181 estão infectadas no estado.

O processo segue para a Coordenação de Administração Escolar (CAE), responsável por oficializar a colação de grau dos estudantes ainda esta semana. A medida foi adotada pela reitoria da Universidade.

A formação dos estudantes será via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), ou seja, não haverá cerimônia presencial, para evitar contato entre estudantes e professores e evitar aglomerações. O processo será enviado para o estudante e coordenador responsável, que podem assinar de onde estiverem.



Ainda não foi definido prazo para a colação de grau dos estudantes.

Na segunda-feira (20), o Centro Universitário de Cuiabá (Unic) também informou sobre a decisão de antecipar a colação de grau de alunos de medicina para que eles possam trabalhar em unidades hospitalares durante a pandemia de coronavírus.
Notícias Relacionadas »
Comentários »