18/04/2020 às 22h42min - Atualizada em 18/04/2020 às 22h42min

Família desmente boatos de que paciente com coronavírus circulou em Barra do Garças e pede orações

Uma sobrinha do caminhoneiro resolveu falar diante dos comentários que surgiram em WhatsApp de que o tio andou pela cidade. Ela rebateu as postagens e pediu orações para recuperação do tio e para que pandemia acabe logo

Araguaia Notícia
O caminhoneiro está numa leito de UTI por prevenção e responde bem ao tratamento


Uma sobrinha do caminhoneiro de 54 anos diagnosticado com coronavírus, em Barra do Garças no leste de Mato Grosso, falou no final da tarde de sábado (18/4) sobre o estado de saúde do tio que está internado por prevenção na UTI do Hospital MedBarra. É o primeiro caso de coronavírus em Barra do Garças divulgado no boletim do município ainda na parte da manhã.

A jovem lamentou as especulações que estão sendo feitas sobre o tio em grupos de WhatsApp. Ela desmentiu os comentários numa entrevista a Rádio Atitude e ao Site Araguaia Notícia de que o caminhoneiro teria circulado pelo comércio de Barra do Garças passando por lojas de celulares e que a esposa dele teria comprado roupas íntimas numa loja no centro da cidade.

“Nós já ficamos sabendo de áudios em grupos de WhatsApp falando que o meu tio andou pela cidade. Comentários mentirosos e inoportunos neste momento. Jamais o meu tio faria isso. Ele estava isolado na fazenda já com medo dessa situação da Covid-19. E quando ficou mal ele saiu da fazenda direto para hospital”, destacou a sobrinha que pediu que a identidade da família seja mantida em sigilo.

Ela explicou que o tio estava juntamente com a família na fazenda e quando surgiu uma viagem a trabalho (ele atua como caminhoneiro) para ir até a cidade de Pedra Preta e na ocasião ele só passou por Rondonópolis. “Ele foi até o destino combinado do frete e retornou e não parou em vários lugares como andam falando por aí, frisou.

Após a viagem, o caminhoneiro voltou para fazenda e lá permaneceu por três dias até que começou a passar mal sentindo dores pelo corpo e febre e como tem plano de saúde foi para hospital MedBarra.



Lá ele foi atendido no dia 16/4 e os médicos desconfiados resolveram pedir exame da coronavírus cujo resultado foi confirmado na sexta-feira. A sobrinha explicou que o tio é hipertenso e que não tem problema de saúde. “Eu gostaria que vocês esclarecessem a sociedade que o meu tio é um homem consciente e jamais iria sair passando essa enfermidade para outras pessoas. Ele foi a serviço até a cidade de Pedra Preta e voltou direto para fazenda. Estão caluniando a nossa família na internet”, destacou.

Perguntado porque a esposa de 40 anos e a filha de 18 anos do caminhoneiro ainda não fizeram o exame. “Na minha opinião houve uma negligencia do hospital se elas estão com mesmos sintomas deles já deveriam ter feito os exames também”, destacou.

A jovem ressaltou que o tio está na UTI por prevenção, mas que o estado de saúde dele é estável e corresponde bem ao tratamento e que o boletim médico está sendo divulgado em dois horários: às 11 horas e às 21 horas e que a família não tem contato até mesmo pelo risco de infecção. A sobrinha pediu orações em favor do tio. “Nós somos evangélicos e pedimos as pessoas que orem pelo meu tio e por nossa cidade para que essa pandemia não se alastre por aqui”, completou.

Em Barra do Garças, a Secretaria de Saúde havia notificado até a manhã de hoje (18), 20 casos, sendo destes 15 que já foram descartados laboratorialmente (exame negativo), 01 caso confirmado, dois casos de síndrome gripal e dois aguardando resultado de exames. 

A Secretaria de Saúde mantém as recomendações quanto as medidas de prevenção (uso de máscaras, distanciamento social, lavagem das mãos com água e sabão ou álcool em gel, cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar; manter os ambientes bem ventilados, não compartilhar objetos pessoais e ficar em casa).
Notícias Relacionadas »
Comentários »