16/04/2020 às 20h05min - Atualizada em 16/04/2020 às 20h05min

Novo presidente do TSE, Barroso, confirma possibilidade de adiar eleições municipais

Em discurso de agradecimento, ao ser eleito pelos ministros da Corte novo presidente do TSE, ministro Luis Roberto Barroso demonstrou preocupação com pandemia e afirmou que poderá ocorrer adiamento do pleito agendado para outubro deste ano

Fernanda Santos / Jornal Opção
ARAGUAIA NOTÍCIA


Eleito presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao lado do vice Edson Fachin, Luis Roberto Barroso foi o escolhido pelos sete ministros que compõem a corte. Barroso irá permanecer no cargo de maio deste ano até 2022.

Em seu discurso de agradecimento, o ministro demonstrou preocupação com a saúde pública por conta da pandemia da Covid-19. Ele mencionou um possível adiamento das eleições de 2020, agendadas para outubro. “Não apoiamos o cancelamento de eleições [de 2020] para que venha a coincidir com 2022. Nós consideramos que as eleições são um rito vital para a democracia, portanto, assim que as condições de saúde permitirem, nós devemos realizar as eleições”, afirmou Barroso.



“Nossa maior preocupação é com a saúde da população. Se não houver condições de segurança para realizar as eleições, como conversamos [ministros do TSE] em reunião informal e administrativa, nós evidentemente teremos que considerar o adiamento pelo prazo mínimo indispensável para que possam realizar-se com segurança”, pronunciou.

Como a mudança no calendário eleitoral depende de aprovação do Congresso, ele reiterou o diálogo constante com a cúpula do Legislativo para a realização conjunta de uma consideração ao adiamento.
Notícias Relacionadas »
Comentários »