13/04/2020 às 15h54min - Atualizada em 13/04/2020 às 15h54min

Morador de rua humilhado e agredido por empresários em MT recebe ajuda de ex-craque do Brasil

O jogador Juninho Pernambucano anunciou ajuda com tratamento psicológico e advogado para processar empresários.

ARAGUAIA NOTÍCIA
Sem teto é agredido covardemente por madeireiro, no Mato Grosso (MT) - FOTO: Reprodução/ Vídeo


Se dentro de campo Juninho Pernambucano era um jogador diferenciado e de categoria e técnica apuradas; fora dele, agora como dirigente, o ex-meia de Sport, Vasco e Lyon, da França, tem se mostrado cada vez mais em causas humanitárias. Nesta sexta-feira (10) da Paixão, o ex-jogador se manifestou na sua conta oficial no Twitter para se compadecer de um ato covarde contra um sem teto, do Mato Grosso (MT).

Em um vídeo que circula nas redes sociais, o sem teto, identificado como Anderson, que seria dependente químico, teria pedido dinheiro a um madeireiro da região... Que, ao fingir que ajudaria, acabou dando um tapa na cara de Anderson. A atitude covarde do madeireiro, que ainda não foi identificado, revoltou a internet e também a Juninho Pernambucano.

No Twitter, o ex-meia disse que contratou um advogado para processar o agressor e, além disso, vai ajudar Anderson em sua reabilitação - com consentimento dele. "Dito isso, com o Rogério Pereira (advogado), estamos enviando hoje, o Anderson, com seu consentimento, para uma clínica especializada em dependência química, onde ele ficará no mínimo três meses. A família do Anderson só falou coisas boas dele. E sabe que ele precisa de ajuda", escreveu Juninho em uma das tuitadas.



E seguiu escrevendo: "Depois da tortura (imensurável, inexplicável) a humilhação, é a pior agressão feita ao ser humano, ela agride muito mais que o tapa em si. Sobre isso, o Rogério Pereira se responsabilizará do processo. Agradecendo a todos a intenção de ajuda, seja ela por sentimento ou doações".

Em um vídeo compartilhado por Juninho Pernambucano, ele mostra Anderson agradecendo o suporte que o ex-jogador vem lhe dando. "Sou o Anderson, estou aqui pra agradecer a ajuda que você (Juninho) está me dando. Estou indo para a clínica, pra casa de recuperação... E só tenho a agradecer por tudo o que você tem feito", disse.
Notícias Relacionadas »
Comentários »