12/10/2013 às 10h35min - Atualizada em 12/10/2013 às 10h35min

Professora pioneira que lutava contra um câncer morre aos 55 anos em Barra do Garças

Olhar Direto
Olhar Direto

A educação no Vale do Araguaia está de luto com a morte da professora Ducely Lopes de Souza, 55 anos. Com mais de trinta anos dedicados ao magistério, ela foi diretora da escola estadual Nossa Senhora da Guia em Barra do Garças, a 503 km de Cuiabá

Ducely estava em tratamento há três anos e os amigos do bairro Santo Antônio fizeram várias campanhas para ajudá-la ao longo deste tempo. No evento mais recente foi realizado um churrasco na capela Santo André com a participação de mais de mil pessoas.

E justamente a capela Santo André que sexta-feira (11) serviu para velar o corpo da professora que deixa três filhos Kassiany; Ueriston e Allankley que aparecem nessa foto ao lado de Ducely com gorro do Vasco da Gama, uma de suas paixões.

O enterro de Ducely foi às 17 horas de sexta-feira. A professora se une agora aos irmãos já falecidos subtenente Cilênio e o ex-atleta Tibúrcio. Os demais irmãos dela: cabo Jocélio, ex-jogador Celiozan e o construtor Puba receberam as condolências em nome da família durante o velório.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%