09/04/2020 às 20h18min - Atualizada em 09/04/2020 às 20h18min

Depois de décadas, sexta-feira santa em Barra do Garças não terá subida na serra e procissões devido ao coronavírus

Será uma sexta-feira reflexiva para população pedir a misericórdia de Deus para acabar logo a pandemia

Araguaia Notícia


A Semana Santa do Araguaia, que se tornou um dos eventos de Turismo Religioso mais conhecido de Mato Grosso atraindo milhares de pessoas a Barra do Garças, neste ano, depois de várias décadas, não será realizada devido a luta que o Brasil e o Mundo passam contra o Covid-19(coronavírus). 

Uma das recomendações das autoridades de saúde é o isolamento social com a proibição de eventos que tenham aglomeração de pessoas.

E por causa disso, neste ano, Barra do Garças não terá a tradicional subida da Serra Azul que começou no final da década de 70 e se tornou uma tradição ano após anos atraindo turistas até mesmo de outros estados. Contam os mais antigos que essa tradição começou com católicos devotos que pagavam promessas subindo a serra segurando nas pedras e árvores pelo trieiro da serra.

Em 1984, o prefeito de Barra do Garças na época, Carolino Gomes dos Santos, resolveu construir uma réplica do Cristo Redentor e aumentou mais ainda a fé das pessoas em subir na serra. Em 1993, no seu retorno a prefeitura, Wilmar Peres de Farias decidiu construir a escadaria da fé com 1.200 degraus facilitando a subida de fiéis nos 700 metros da Serra Azul.

O maior número de fiéis já registrado na romaria da Serra Azul aconteceu em 1998 com 15 mil pessoas subindo a serra e devido ao número de pessoas foi criado o parque estadual da Serra para preservar o local e hoje a subida na serra é coordenada pela direção do parque.

A diretora do Parque Serra Azul, Cristiane Schnepfleitner, confirmou que a programação está suspensa devido ao parque está fechado. Ela ressaltou que as portarias do parque estão fechadas e pediu para que as pessoas não insistam de entrar no parque por outros caminhos e que evitem também de ir nas cachoeiras.

Aliás a situação das cachoeiras é mais difícil de fiscalizar porque as pessoas entram pelo fundo das residências ou morros paralelos ao parque e a cachoeira do Pé da Serra é mais frrequentada. ‘Nós estamos pedindo para que as pessoas não façam isso e procurem fazer uma sexta-feira santa de reflexão em casa pedindo a Deus para passar logo essa situação do coronavirus”, completou.

Os demais eventos da Semana Santa do Araguaia também foram cancelados como as procissões organizadas pela igreja católica ou colaboradores: Procissão do Barquinho; Procissão do Fogaréu e a Procissão do Senhor Morto.

Portanto essa sexta-feira, realmente, será um excelente momento para ficarmos em casa e fazer as nossas preces a Deus para o fim da pandemia e que Deus esteja a gente. 

Vamos Barra do Garças, vamos fazer as nossas preces para que o nosso município não seja atingido pela pandemia e que o vírus vá embora de uma vez por todas!!!
Notícias Relacionadas »
Comentários »