01/04/2020 às 06h45min - Atualizada em 01/04/2020 às 06h45min

Delegacia regional de Barra do Garças tem novo titular

Wilyney Santana Borges Leal assume a vaga de Adilson Gonçalves que antecipou aposentadoria pelo fato também de ser pré-candidato a prefeito em Barra do Garças

Andrezza Dias / Semana 7
ARAGUAIA NOTÍCIA


A Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças está sob novo comando. O delegado de polícia Wilyney Santana Borges Leal, assumiu a função de delegado da unidade, ontem (30).

A mudança aconteceu devido ao pedido de afastamento do delegado titular Adilson Gonçalves de Macedo, em virtude de sua desincompatibilização para atividade política. O Dr. Adilson é pré-candidato a prefeito de Barra do Garças pelo Partido Social Democrático (PSD).

Wilyney Santana Borges Leal, 38 anos, é barra-garcense e delegado de Polícia Civil há 13 anos. Sua primeira lotação foi na cidade de São Félix do Araguaia no ano de 2007, onde acumulou as delegacias de Luciara, Novo Santo Antônio, Alto da Boa Vista, Nova Suiá e Espigão do Leste. Em 2012 foi removido para a Regional de Barra do Garças/MT, sendo titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos/DERF e Coordenador do Núcleo de Inteligência da Regional, além de atualmente ser integrante do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado-GAECO/BG, junto ao Ministério Público Estadual.



Possui formação em Direito, com pós-graduação na área Tributária e em Gestão de Segurança Pública. Durante sua carreira, realizou diversas operações policiais de destaque que repercutiram em todo Estado, como por exemplo, a investigação do homicídio do prefeito da cidade de Novo Santo Antônio do Rio das Mortes no ano de 2011, Valdenir Antônio da Silva, conhecido como “Quatro Olho”, onde conseguiu revelar a autoria do delito e prender os sete suspeitos do crime.

Ele já foi aprovado em seis concursos públicos (Agente Censitário Supervisor, Fiscal de Tributos Municipal de Jataí/GO, Analista Judiciário/TRE-GO, Analista Judiciário/TRF-1ª Região, Analista Judiciário/TRT23º Região e Delegado de Polícia de Mato Grosso) e ainda aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil aos 21 anos de idade.

Sobre os futuros desafios do novo cargo, o Delegado Wilyney Santana Borges Leal, explicou que tem a missão de dar continuidade ao trabalho que foi desenvolvido por Adilson Gonçalves de Macedo. “Assumo o cargo em um momento difícil. Primeiro porque o Dr. Adilson como gestor é insubstituível e vai fazer muita falta nesta Regional. Segundo pelo momento econômico que o Estado enfrenta, sem nenhuma perspectiva de investimento em curto prazo, e terceiro pela pandemia do COVID 19 que assola o mundo todo, exigindo um esforço redobrado das forças de Segurança Pública, pois o nosso trabalho é imprescindível para manutenção da Ordem Pública”, disse o novo delegado.

A nova designação para o cargo foi regulamentada pela portaria nº 27/2020/ADM/DPJCI/MT e assinada pelo diretor de Polícia Judiciária Civil do Interior, Walfrido Franklim do Nascimento, no dia 26 de março.
Notícias Relacionadas »
Comentários »