31/03/2020 às 15h41min - Atualizada em 31/03/2020 às 15h41min

Câmara aprova e prefeito Roberto Farias sanciona lei que veta corte de água a famílias carentes em Barra do Garças

Secom - BG
ARAGUAIA NOTÍCIA


A empresa Águas de Barra do Garças está proibida de suspender o fornecimento de água e esgoto às famílias carentes de Barra do Garças pelo período de 90 dias. Nesta terça-feira (31), o prefeito Roberto Farias sancionou o Projeto de Lei 010/2020, de autoria do Poder Executivo e aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores.

A Lei é mais uma medida adotada pelo prefeito Roberto Farias, com o apoio dos vereadores, para evitar que centenas de famílias sejam penalizadas durante o surto da pandemia do novo coronavírus. Serão beneficiados consumidores inscritos na Tarifa Social ou com renda inferior ou igual a meio salário mínimo.

 Além de não correrem o risco de ter o fornecimento de água suspenso, as famílias ainda poderão parcelar os valores em atraso em 12 mensalidades após o fim da pandemia. A Lei 4.169 já está em vigor.



O prefeito Roberto Farias agradeceu o apoio da Câmara pela aprovação do projeto pelo alcance social que ele atinge e pelo momento vivido por Barra do Garças com o novo coronavírus. Segundo ele, essa união dos Poderes Executivo e Legislativo é de fundamental importância para que essas famílias não sofram com o desabastecimento de água. 

“São medidas que visam assegurar o mínimo de conforto para essas famílias. Pedimos o apoio dos vereadores e eles entenderam a importância de proteger a camada mais fraca da sociedade. Isso mostra que Barra do Garças está unida no combate ao coronavírus e que medidas como essa, devem ser tomadas para minimizar o sofrimento da população”, destacou o prefeito.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
4.5%
19.5%
74.2%