27/03/2020 às 21h17min - Atualizada em 27/03/2020 às 21h17min

Mesmo de portas fechadas, igreja é obrigada a encerrar transmissão por causa do coronavírus VEJA VÍDEO

Onda Poços
ARAGUAIA NOTÍCIA


Na noite de terça-feira, 24/3, a transmissão ao vivo de uma celebração da igreja Anglicana de Poços de Caldas (MG), foi interrompida por agentes da prefeitura. Cumprindo a determinação de não abrir as portas da igreja para fiéis, por prevenção ao Coronavírus, enquanto realizava uma missa online o Bispo Ronaldo Melo foi interrompido e orientado a encerrar a celebração. Dentro da igreja, havia o reverendo e mais quatro pessoas, que faziam parte da transmissão.

O decreto de estado de calamidade pública publicado pela prefeitura, diz que “para resguardar o interesse da coletividade, fica proibida, por prazo indeterminado, a realização de cultos, missas e eventos religiosos em igrejas e templos de qualquer natureza”. Entretanto, não consta na determinação da prefeitura a proibição de transmissão online pelas igrejas. Além de agentes da prefeitura, a Polícia Militar também foi acionada.



Segundo o Secretário Adjunto de Saúde, Flávio Togni, que integra o Comitê Extraordinário do Covid-19, uma reunião foi realizada na quarta-feira, 25/3, para definir as regras para transmissão ao vivo pelas igrejas, já que o decreto não estabelece nada neste sentido.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

2.2%
4.4%
19.8%
73.6%