27/03/2020 às 09h36min - Atualizada em 27/03/2020 às 09h36min

Senador Wellington apresenta PEC que prorroga eleições municipais e destina recursos para enfrentar coronavírus

Jacques Gosch / RD News
ARAGUAIA NOTÍCIA


O senador Wellington Fagundes (PL) apresentou Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga em dois anos os mandatos dos prefeitos e vereadores eleitos em 2016. Com isso, pretende unificar as eleições em 2022 quando escolhidos presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais.

Com a PEC, Wellington pretende dar segurança jurídica às eleições previstas para esse ano, que, segundo ele, inevitavelmente deverão ser adiadas em razão da calamidade pública desencadeada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Isso porque dificilmente os prazos serão eleitorais serão cumpridos sem colocar em risco eleitores, candidatos e a população em geral.  



O segundo objetivo da PEC é aproveitar os recursos destinados pelo orçamento à Justiça eleitoral na organização do pleito de 2020 e ao Fundo Eleitoral, que neste ano deve consumir R$ 2 bilhões,  para o combate a  pandemia.  

Também pretende  unificar definitivamente as eleições municipais com os pleitos estaduais e federais para economizar recursos públicos e evitar a mobilização dos partidos políticos a cada dois anos.

“A ideia é que a PEC seja votada até setembro. Com a pandemia, tem outros assuntos prioritários, que precisam ser discutidos amanhã, mas creio que, dentro de 40 dias, podemos começar a discutir a unificação das eleições”, disse Wellington, em videoconferência com jornalistas de Mato Grosso, realizada na tarde desta quinta (26).
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
4.7%
20.3%
73.3%