24/03/2020 às 06h09min - Atualizada em 24/03/2020 às 06h09min

Mauro decreta situação de emergência em MT por 90 dias e pede para as pessoas ficarem em casa

Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA


Com o agravamento da crise provocada pelo coronavírus em Mato Grosso, o governador Mauro Mendes (DEM) decretou situação de emergência em Mato Grosso. O decreto 420/2020 saiu em edição extra do Diário Oficial do Estado publicado nesta segunda-feira (23).

O decreto do governador leva em conta a lei de quarentena que foi sancionada em fevereiro pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e também a declaração pela Organização Mundial de Saúde (OMS) do coronavírus como uma pandemia, em 11 de março de 2020. Mauro considera ainda que já há casos registrados em Mato Grosso.

Com ele, o Estado pode adotar medidas de prevenção, preparação, mitigação, respostas e recuperação frente à epidemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

Leia também - Estado proíbe bares e conveniências; restaurantes só delivery

O decreto tem duração de 90 dias, podendo ser prorrogado por até 180 dias.

O governador ainda determina que a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setasc) poderá abrir uma conta especial para o recebimento de doações em dinheiro para ajudar pessoas carentes a passarem pelo período de Covid-19.

Já são 6 casos de Covid-19 em Mato Grosso e 210 são considerados suspeitos. Mato Grosso já pediu ajuda da União na questão econômica e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) trabalha junto com o Ministério da Saúde nas ações contra o avanço do coronavírus.

Foi decretado o fechamento de locais com aglomeração de pessoas, bares, conveniências. Restaurantes só poderão atender para entrega, evitando o contato físico entre as pessoas. Linhas de ônibus interestadual foram suspensas e a ordem é que as pessoas fique em casa e lavem bem as mãos
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.0%
19.9%
73.3%