22/03/2020 às 21h10min - Atualizada em 22/03/2020 às 21h10min

Paciente internado na UPA de Barra do Garças é diagnosticado com pneumonia

SECOM - BG
ARAGUAIA NOTÍCIA


Um paciente internado na última sexta (20) na UPA de Barra do Garças com sintomas semelhantes ao do coronavírus, foi diagnosticado com pneumonia. Ele continua na unidade, mas seu quadro de saúde já está estabilizado, sem tosse e febre.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Clênia Monteiro, o município está atento aos casos e somente após a realização de exames no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Cuiabá, é que se pode afirmar se o caso é positivo ou negativo. “Por enquanto, não há casos em Barra do Garças e a único suspeito foi excluído pela secretaria estadual de Saúde”.

A secretária relatou que houve uma onda de boatos provocada pelas redes sociais sem o diagnóstico médico e isso acabou ganhando uma proporção em razão dos locais onde o paciente esteve. “Ele foi encaminhado a UPA pelo Corpo de Bombeiros, passou por todos os procedimentos padrões e não apresenta nenhum dos sintomas apresentados quando chegou lá”.

Clênia voltou a afirmar que a prevenção ainda é o melhor remédio contra o coronavírus. Segundo ela, é preciso que a população colabore, evite aglomerações e, de preferência, fique em casa. “Infelizmente, muitos não pensam assim e continuam não levando a sério esse vírus que já provocou a morte de milhares de pessoas em todo o mundo”.



Conscientização e prevenção

Na noite de sábado (21), A secretaria de Saúde, Defesa Civil, Vigilância Sanitária e Polícia Militar saíram às ruas para a distribuição de panfletos educativos e orientação das pessoas sobre a necessidade de se evitar aglomerações. Na oportunidade, os órgãos constataram que ainda é grande a frequência nos estabelecimentos comerciais em diversos bairros.

“Estamos fazendo esse trabalho de conscientização para alertar as pessoas do risco que estão correndo. Só assim vamos evitar possíveis casos e recomendando que fiquem em casa. A prevenção ainda é a melhor alternativa”, disse a secretária de Saúde.

Para o coordenador da Defesa Civil, Paulo Henrique Borges, muitos já assimilaram que a questão é séria, porém, ainda existem pessoas que fingem desconhecer a letalidade do vírus e se expõem ao perigo. “Percorremos todos os bairros e estabelecimentos buscando conscientização da população. Queremos apenas que fiquem em casa, evitem aglomerações e a disseminação do vírus. Ele é transmitido de pessoa para pessoa. São ações simples que podem salvar vidas”.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
4.7%
20.3%
73.3%