12/03/2020 às 17h38min - Atualizada em 12/03/2020 às 17h38min

Acusado de matar cabeleireiro em Barra do Garças é preso 8 anos depois no Maranhão

Araguaia Notícia


Foi preso no estado do Maranhão, Raimundo de Sousa Nunes, de 54 anos, numa ação policial que aconteceu no dia 21 de fevereiro antes do carnaval. Ele foi abordado na cidade de São João dos Patos-MA onde os policiais verificaram no sistema que havia um mandado de prisão expedido pela comarca de Barra do Garças, no Mato Grosso, em desfavor de Raimundo.

Ele é acusado de matar a facadas o cabeleireiro Fausto Rosa de Freitas, de 36 anos, que era conhecido como Mudinho, filho de um dos pioneiros no corte de cabelo em Barra do Garças, o cabeleireiro Assis de Freitas. Um crime cruel e aparentemente sem motivos relembra o pai da vítima.

O fato ocorreu no dia 25 de abril de 2012 quando Fausto estava indo cortar o cabelo de uma criança perto do bar onde estava o acusado. Assis conta que Raimundo saiu do bar e foi em direção ao Fausto lhe aplicando uma gravata pelas costas e depois efetuando duas facadas no peito da vítima sem chance de defesa.

O cabeleireiro praticamente morreu na hora e Raimundo desapareceu. O crime causou comoção no setor Novo Horizonte pela forma que ocorreu, porém com o tempo caiu no esquecimento de todos. E agora volta à tona com a prisão do acusado. 

“Meu filho morreu com o pente e uma tesoura nas mãos quando estava indo trabalhar, cortar o cabelo de uma criança”, conta Assis.

A transferência de Raimundo para comarca de Barra do Garças está sendo ajustada entre a justiça do Maranhão e Mato Grosso e deve ocorrer nos próximos dias. Ele será julgado e deve cumprir a pena aqui mesmo no Mato Grosso.


 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

0.9%
3.6%
11.8%
83.6%