29/09/2013 às 15h01min - Atualizada em 29/09/2013 às 15h01min

Campanha para conseguir doadores de medula óssea será nesse final de semana

Olhar Direto
Olhar Direto

A jovem de Barra do Garças, Nádia Andrade, voltou à imprensa para pedir a presença do povo sábado e domingo na campanha para conseguir doadores de medula óssea na cidade. A intenção é ampliar o número de cadastrados junto ao Redome (Cadastro Nacional de Doadores) que tem hoje três milhões de pessoas.

“Eu acredito que isso número poderia ser bem maior porque somos 200 milhões de brasileiros. Imagine se esse número fosse de 10 milhões cadastrados”, diz Nádia que luta há um ano e seis meses contra uma leucemia no sangue. Ela descobriu no ano passado logo após terminar a faculdade e se casar.

Nádia lembra que quando ficou sabendo se desesperou mas depois chegou à conclusão que precisa lutar. “Eu preciso lutar por mim e por outros que estão na mesma situação”, completou.

Por iniciativa dela e com apoio das prefeituras de Barra do Garças e Aragarças-GO, Nádia conseguiu convencer uma equipe do hemocentro de Goiânia a deslocar em Aragarças e fazer o texto com os possíveis doadores no sábado e domingo das 08 às 17 horas na escola José Nogueira.

A moça é persistente e conseguiu também um ônibus para levar as pessoas no sábado. Ela esteve nas escolas, igrejas e quartéis pedindo ajuda das pessoas. “Eu espero no mínimo 500 pessoas nessa campanha”, destacou. Podem ser doadores de medula óssea pessoas de 18 a 55 anos. Mulheres gestantes podem fazer o teste sem problema. Mais detalhes no face de Nádia Andrade.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »