05/03/2020 às 12h29min - Atualizada em 05/03/2020 às 12h29min

Pai morre baleado pela PM ao tentar evitar prisão do filho

Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA
Arquivo Pessoal
Ozéias de Paula Batista de Oliveira, 38, morreu na madrugada de quinta-feira (5), ao tentar evitar a prisão do filho, que foi flagrado consumindo maconha em um canal de esgoto, no bairro Vila Rica, em Arenápolis (253 km ao Médio-Norte de Cuiabá). Ozéias estava com uma arma de fogo e durante a ocorrência, ficou apontando para os policiais.

De acordo com as informações, a equipe da Polícia Militar fazia rondas na região quando flagrou dois jovens fumando maconha dentro de um canal de esgoto. Quando se aproximaram, eles jogaram o cigarro no canal.
Em revista, nada ilícito foi encontrado, mas, ao lado deles, estava uma porção de maconha envolvida no plástico filme. Foi dada voz de prisão aos jovens e no momento em que eles estavam sendo colocados na viatura, um deles começou a gritar.

Segundo a PM, os gritos eram histéricos, fazendo com que os pais dele saíssem de casa. Ozéias já saiu com a arma em punho, por trás da viatura.
Policiais pediram para ele colocar a mão na cabeça, mas desobedeceu, colocando a arma na cintura. Vizinhos se aglomeraram no local, impossibilitando a ação dos policiais, equanto outros aconselhavam o homem a obedecer.

Após a tentativa de diálogo, o homem sacou a arma novamente e apontou em direção a um dos policiais que atendiam a ocorrência.
Momento em que um tenente disparou dois tiros contra Ozéias, que chegou a ser socorrido pela própria Polícia Militar, mas não resistiu e morreu. O caso está sendo investigado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

0.9%
3.6%
11.7%
83.8%