05/03/2020 às 11h34min - Atualizada em 05/03/2020 às 11h34min

Hipster de grife: saiba como manter um visual alternativo sem perder a formalidade

Dos brechós para as passarelas

ARAGUAIA NOTÍCIA
Nova York, Berlim, São Paulo e diversas outras cidades globais têm duas coisas em comum, uma cena cultural agitada e uma tribo urbana para chamar de sua: os hipsters. Visionários das manifestações estéticas, os looks clássicos dessa galera antenada já chocaram muita gente por aí.
 
Mas foi-se o tempo em que os termos hipster e moda não existiam em uma mesma frase. Incialmente, essa a tribo cool de moderninhos era considerada outsider e pré-moda. Ou seja, os hipsteres eram aquela galera descolada que antecedia as tendências mas nunca as seguia.
 
Hoje em dia, porém, o estilo de vida hipster e o mundo da moda são melhores amigos. Os signos visuais do universo fashion foram incorporados pela composição dessa estética. E se engana quem acha que é preciso fazer garimpo em brechó para aderir ao visual trend do momento. 
 
Hoje em dia é possível compor um look hipster usando roupas de grife dos pés a cabeça, basta, apenas, saber que peças escolher. Pensando nisso, separamos alguns items coringas para te inspirar.
 
Camiseta Listrada
As listras são uma sensação entre os hipsters. Tendência dos anos 70, looks listrados foram  imortalizados por ícones fashion, como a modelo francesa Twiggy e o astro do rock David Bowie. Uma forma de aplicar a tendência no dia-a-dia é através de camisetas. Vale apostar nas horizontais para alongar a silhueta.
 
Para quem quer combinar mais de uma tendência, a dica é apostar nas listras coloridas – moda verão 2020 que deve prevalecer até o outono. A dica é combinar pelo menos três cores, e sem regras para compor o restante do look. Vale calça jeans, alfaitaria, saia ou até um macacão por cima.
 
Pochete
Essa é uma tendência que já gerou muita controvérsia no mundo fashion até se consolidar. Muitos fashionistas torciam o nariz com sua volta, e muita gente celebrou quando ela foi deixada para trás nos anos 80. O modelo clássico do acessório era geralmente em couro preto.
 
Hoje em dia, ter uma pochete é essencial para compor um look descolado. Além do mais, a pochete é um acessório super funcional. Cabe celular, documentos, chaves, dinheiro, além, é claro, de ser facilmente incorporada ao look. E tem até versão de luxo! Marcas de alta costura tem versões extremamente chiques para os clientes dispostos a pagar mais pelo acessório.
 
Calça Branca
Menos comum que as calças preta e jeans, a calça banca é uma peça must have de um armário cool. Por ser neutra, é um item mais fácil de se usar do que se imagina. Mesmo assim, dá para usar bastante a criatividade na hora de compor o visual com a peça.
 
Looks monocromáticos também fazem parte da tendência hipster e, por isso, dá para compor um look todo branco e acessórios de cor – fica elegante e descolado. Ao mesmo tempo, a calça pode ser utilizada com uma camiseta gráfica ou colorida. 
 
Estampas Criativas
Sabe aquela estampa de personagem de desenho animado? Ou aquela engracadinha cheia de comidas de restaurantes fast-food? E uma cheia de sorvetinhos com diferentes cores? Então, elas também estão em alta e podem ser encontradas nas lojas de diversas marcas e grifes.
 
A forma mais clássica de encontrar essas estampas cheias de humor e criatividade é em camisetas e moletoms. Mas também é possível achá-las em acessórios como bolsas e calçados. Aqui não há problema em misturar estampas. Uma bolsa estampada pode cair muito bem com um vestido de listras coloridas, por exemplo.
 
Cintura Alta
Com certeza, uma das maiores contribuições da estética hipster para o mundo da moda é o resgate de diversas tendências retrô. A cintura alta é só mais um dos exemplos.
 
Fenomenal nos anos 70, ela voltou com tudo no final da década que se encerrou rencentemente. Para 2020, ela promete continuar no guarda roupa da galera cool.
Notícias Relacionadas »
Comentários »