01/03/2020 às 13h04min - Atualizada em 01/03/2020 às 13h04min

Mulher desaparece no aeroporto de Goiânia após voltar da Colômbia

Família pede ajuda para localizá-la

Honório Jacometto e Rafael Oliveira, TV Anhanguera e G1 GO
ARAGUAIA NOTÍCIA
Lilian de Oliveira desembarcou no Aeroporto de Goiânia e desapareceu, Goiás Foto: Reprodução/TV Anhanguera


Uma família de Caldas Novas procura por Lílian de Oliveira, de 40 anos, desaparecida há quase três semanas. Ela voltou de viagem à Colômbia em 13 de fevereiro. Desembarcou no Aeroporto de Goiânia e não foi mais vista. A última imagem de Lílian é de uma câmera de segurança no desembarque, que mostra ela entrando em uma pick-up de cor prata.
 
A família esteve no Aeroporto de Goiânia, no sábado (29), para obter as imagens do circuito de segurança, mas a direção-geral informou que entregará os vídeos apenas com determinação judicial.
 
Segundo Liliane de Oliveira, irmã de Lílian, ela sempre respondeu mensagens por aplicativo de celular e tinha costume de publicar fotos e vídeos em redes sociais. Mas desde que chegou em Goiânia, não respondeu as mensagens nem fez publicações na internet.
 
Lilian de Oliveira entrou em uma pick-up no Aeroporto de Goiânia e desapareceu, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Lilian de Oliveira entrou em uma pick-up no Aeroporto de Goiânia e desapareceu, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Lilian de Oliveira entrou em uma pick-up no Aeroporto de Goiânia e desapareceu, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
 
Familiares conseguiram os horários dos voos com a companhia aérea que fez o trajeto de volta da Colômbia ao Brasil. Lílian embarcou em Medelín em 12 de fevereiro, às 12h54. Desceu em Bogotá, capital do país, e embarcou novamente com destino ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com chegada confirmada às 21h10. Em 13 de fevereiro, pegou o voo para Goiânia e chegou às 11h35.
 
Segundo a família, a última vez que Lílian visualizou mensagens no celular foi no dia 13, às 12h05.
“Nós tínhamos contato com ela todos os dias. Quando não era eu, era minha irmã. E depois desse dia, a gente não teve mais nenhum contato”, relata Liliane de Oliveira.
 
A família registrou boletim de ocorrência na delegacia de Caldas Novas. A irmã conta que escuta várias versões diferentes sobre o desaparecimento, mas nenhuma se conecta à outra. “Eu quero a minha irmã de qualquer forma. Não importa o jeito que ela está”, pede a irmã.
 
O delegado Gustavo Ferreira, de Caldas Novas, diz que vai ouvir parentes e transferir a investigação para a Polícia Civil de Goiânia, na segunda-feira (2).
 
Passo a passo
 
As irmãs anotaram todos os passos de Lílian no Aeroporto de Goiânia. Após sair do avião, ela pegou duas malas às 11h52, conforme registrado pelas câmeras internas. Um minuto depois, Lílian aparece na saída para o desembarque e, no minuto seguinte, se dirige à marquise do local.
 
Às 11h55, ela retorna ao terminal e entra numa casa de câmbio. Um homem de camiseta azul faz o atendimento no balcão. Ela sai do local às 12h05.
 
Depois, as imagens mostram Lílian em direção à pick-up de cor prata, estacionada no desembarque. Ela entra no carro. A última filmagem em que a mulher aparece mostra que o motorista usava uma camisa vermelha.
 
Familiares anotaram passo a passo de Lilian de Oliveira ao desembarcar em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Familiares anotaram passo a passo de Lilian de Oliveira ao desembarcar em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera


Familiares anotaram passo a passo de Lilian de Oliveira ao desembarcar em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

0.9%
3.6%
11.8%
83.7%