05/02/2020 às 19h57min - Atualizada em 05/02/2020 às 19h57min

Querência, no Araguaia, aparece entre as 10 cidades que mais exportam em MT

Após terminar 2018 na segunda colocação do ranking estadual, Sorriso se recuperou

Agencia da Notícia
ARAGUAIA NOTÍCIA
A cidade de Querência, na região do Vale do Araguaia, está entre os dez municípios que mais exportaram em Mato Grosso no ano de 2019, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulgados em janeiro (veja lista abaixo).

Querência está na sétima colocação. As cidades de Sorriso, Sinop, Nova Mutum e Matupá integram a lista e, juntas, representam quase 25% dos U$ 17 bilhões de vendas externas realizadas pelos produtores mato-grossenses no ano passado.

Após terminar 2018 na segunda colocação do ranking estadual, Sorriso se recuperou.  Teve aumento de 73% nas vendas, chegou à arrecadação de U$ 1,88 bilhão e voltou a ser o município que mais exporta em Mato Grosso com 11,9% de tudo o que sai do estado para o exterior.

Depois de Sorriso, a cidade que mais exporta na região é Sinop, que ocupa o 5º lugar no estado. Com aumento de 100% em relação a 2018, o município vendeu U$ 818 milhões, o equivalente a 5,2% das exportações estaduais.

Nova Mutum teve crescimento de venda na casa de 38% e ficou em 8º lugar. Os produtores locais arrecadaram U$ 727 milhões e ficaram com 4,6% da exportação mato-grossense em 2019.

A surpresa da lista é Matupá, que em 2018 terminou na 17ª colocação e em 2019 assumiu o 10º lugar, ultrapassando Lucas do Rio Verde. As vendas externas cresceram 225%, impulsionada por uma negociação com a Rússia, e os produtores locais chegaram aos U$ 464 milhões em exportação, o equivalente a 3% das vendas de Mato Grosso.

Rondonópolis, outro polo do agronegócio em Mato Grosso, terminou em segundo lugar conseguindo ultrapassar a barreira do bilhão de dólares exportados, feito que só ela e Sorriso conseguiram. Em 2019 os cofres dos produtores locais receberam U$ 1,56 bilhões que representaram 9,9% das vendas do estado.

A capital Cuiabá ficou longe do topo da lista mesmo que tenha aumentado as vendas em 78%. OS U$ 212 milhões exportados colocam a cidade apenas na 21ª colocação com 1,4% das vendas.

Ranking dos 10 maiores exportadores de Mato Grosso ano passado

1º – Sorriso – U$ 1,88 bilhão – 11,9% do total

2º – Rondonópolis – U$ 1,56 bilhão – 9,9% do total

3º – Primavera do Leste – U$ 997 milhões – 6,3%

4º – Campo Novo do Parecis – U$ 874 milhões – 5,5%

5º – Sinop – U$ 818 milhões – 5,2%

6º – Sapezal – U$ 800 milhões – 5,1%

7º – Querência – U$ 788 milhões – 5%

8º – Nova Mutum – U$ 727 milhões – 4,6%

9º – Diamantino – U$ 585 milhões – 3,7%

10º – Matupá – U$ 464 milhões – 3%
Notícias Relacionadas »
Comentários »