31/01/2020 às 16h16min - Atualizada em 31/01/2020 às 16h16min

Polícia Civil de Barra do Garças recebe fuzis do judiciário apreendidos em 2015

Assessoria / PJC MT
ARAGUAIA NOTÍCIA


Três fuzis apreendidos em autos de inquérito policial instaurado no ano de 2015 pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Barra do Garças foram doados pelo Judiciário a Polícia Judiciária Civil do município. O armamento foi entregue no dia 11 de dezembro, em solenidade no 58º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro.

O inquérito policial da DERF Barra do Garças de natureza, tentativa de latrocínio, associação criminosa, crime de explosão, receptação, porte e posse ilegal de arma de fogo, munições e explosivos de uso restrito apurou o crime ocorrido em 06 de janeiro de 2015, quando criminosos em posse de armamentos tipo fuzil e de um veículo com restrição de roubo/furto, interceptaram um carro-forte utilizado para transporte de valores que se deslocava para Nova Xavantina.



Após o flagrante dos suspeitos e armamentos apreendidos, foi protocolado pela Delegacia Regional de Barra do Garças o pedido de doação dos fuzis, para o uso policial. Em decisão judicial do juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Barra do Garças, do dia 30 de outubro de 2019, a doação foi deferida*, sendo as armas, cauteladas preventivamente pelo GCCO e encaminhadas ao Exército durante o trâmite da doação, foram entregues em ato solene, mediante Termo de Entrega de Armas.

Um dos fuzis apreendidos (Bushmaster, calibre .50, Browning Machine Gun, .50 BGM e/ou 12.7X99mm NATO), foi doado ao 58º Batalhão de Infantaria Motorizada BIMtz da cidade de Aragarças (GO), por ser de uso exclusivo das Forças Armadas. Os demais, três fuzis calibre 5,56X45mm e/ou 223, acompanhado de seus acessórios foram à PJC de Barra do Garças, estando um em condições de uso e os outros dois imediatamente colocados em manutenção.


 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
4.5%
19.5%
74.1%