22/01/2020 às 17h11min - Atualizada em 22/01/2020 às 17h11min

Secretaria de Pesca e Consórcio discutem na AMM adequações ao Projeto Integração da Piscicultura

Secom - BG
ARAGUAIA NOTÍCIA
O secretário de Pesca e Aquicultura de Barra do Garças, Paulo Henrique Borges, acompanhado pela secretária-executiva do Consórcio Portal do Araguaia, Márcia Cristina, se reuniu nessa terça-feira (21), em Cuiabá, com o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga. A reunião contou também com a participação de técnicos da entidade, responsáveis pela elaboração do Projeto Integração da Piscicultura.

Durante o encontro, o secretário de Barra do Garças e a secretária do Consórcio, solicitaram aos técnicos da AMM, a realização de adequações ao projeto para o encaminhamento ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e consequentemente, a aprovação para que seja implantado ainda no primeiro semestre deste ano.

“Foi uma reunião positiva e conseguimos com o presidente Neurilan Fraga o apoio necessário para essas readequações que possam atender às exigências do Ministério da Agricultura. Já nos reunimos no final do ano passada com a ministra Tereza Cristina, ela prometeu apoio e estamos fazendo a nossa parte para que o projeto seja implantado para ampliarmos a cadeia produtiva do peixe”, disse Paulo Henrique.



Encontro com deputado

Ainda em Cuiabá, Paulo Henrique e Márcia Cristina se reuniram também com o deputado federal Neri Geller para reforçar o apoio ao Projeto Integração da Piscicultura. Na reunião o parlamentar reafirmou aos representantes de Barra do Garças, o compromisso de liberar uma emenda no valor de R$ 1 milhão e R$ 300 mil reais para ser aplicado no projeto. 

“Além da emenda do deputado Neri Geller, o senador Wellington Fagundes também garantiu outra emenda no montante de R$ 1 milhão e 500 mil reais para implementarmos esse projeto que será de fundamental importância para os produtores que querem investir na produção de peixe”, destacou o secretário.
Notícias Relacionadas »
Comentários »