20/01/2020 às 22h16min - Atualizada em 20/01/2020 às 22h16min

Agi por instinto, sem pensar, diz motociclista que evitou suicídio no Portão do Inferno

Thulio Prates contou que o caso ocorreu na manhã de sábado (18), por volta de 10h

Midia News
ARAGUAIA NOTÍCIA


O motociclista Thulio Prates Silva, de 25 anos, que salvou um homem que tentou se jogar do Portão do Inferno, na MT-251, estrada que liga a Capital a Chapada dos Guimarães, disse que tudo aconteceu muito rápido e que agiu “sem pensar”.

Thulio contou que o caso ocorreu na manhã de sábado (18), por volta de 10h. Toda a ação foi filmada por um motorista e viralizou no domingo (19).

O motociclista disse que estava a caminho de Cuiabá quando o homem atravessou com o carro na sua frente, forçando-o a parar a moto.

“Eu não acreditei na hora que ele fosse pular, mas quando o vi colocando as pernas na mureta, a ficha caiu. E, na hora, agi por instinto mesmo, sem pensar”, contou.

Para o motociclista, era seu destino estar ali naquele momento.

“Eu estava com cinco amigos em Chapada. Dois já tinham ido embora e eu estava esperando os outros dois para ir junto. Mas não sei por que resolvi ir antes. Creio que era meu destino estar ali naquele momento”, disse.

“Salvei uma vida, isso é muito gratificante. Não tem nem como não estar feliz”, afirmou.

Thulio contou que está tentando localizar o homem, já que naquele ocasião não conseguiu conversar com ele.  

Segundo o motociclista, o homem foi amparado e levado embora por uma mulher.

“A mulher que a aparece no vídeo foi quem o tirou dali e a irmã dela foi conduzindo o veículo dele. Espero que ele esteja bem. Se alguém puder me ajudar a encontrá-lo eu agradeceria muito”, disse.



O caso

O vídeo mostra o momento em que o homem chega ao local em um Classic preto.

Ele atravessa o veículo na via, parando o trânsito. Em seguida, desce do carro e segue em direção ao precipício.

O homem chega a colocar uma das pernas para fora da mureta do Portão do Inferno, quando o motociclista chega correndo e o puxa do local.

Ponto de grande visitação na MT-251, o Portão do Inferno é um dos locais onde mais ocorrem suicídios em Mato Grosso. No último dia 9, o jovem Nicolas Ribeiro, de 25 anos, morreu ao se jogar do precipício.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%