18/09/2013 às 18h50min - Atualizada em 18/09/2013 às 18h50min

Operador quase morre esmagado em obra da Trimec no 1º dia de trabalho

Olhar Direto
Olhar Direto

Um operador de máquinas ficou preso dentro da cabine de uma retroescavadeira, após ser prensado por uma prancha de madeira que seria usada na construção de uma ponte. O operário estava desmanchando a ponte do córrego Lajinha, a 12 km de Barra do Garças, na tarde desta segunda-feira (16), quando o acidente aconteceu. Os bombeiros foram acionados para efetuar o resgate e tiveram muito trabalho porque havia o risco da madeira esmagar o operador.

Segundo informações levantadas pela reportagem, Tiago começou estava em seu primeiro dia de trabalho na empresa, e deu azar de sofrer esse acidente.


O resgate mobilizou até mesmo uma caminhão-guincho e os bombeiros usaram um alicate hidráulico para cortar a cabine da máquina. O operador, identificado como Tiago, conseguiu sair entre os vidros da cabine, após os bombeiros usarem outra madeira como alavanca para levantar a prancha que estava em cima do trabalhador.

O trabalhador foi encaminhado ao Pronto Socorro de Barra do Garças com suspeita de fratura na perna direita e escoriações no abdômen e nas costas.

As fotos do resgate cedidas pela equipe da TV Serra Azul mostram como foi difícil o serviço dos bombeiros.

Ponte
A obra da ponte do córrego Lajinha, executada pela Trimec, consiste em seu desmonte para dar lugar ao sistema de bueiro de concreto que faz parte do serviço de pavimentação da rodovia MT 100, que liga Barra do Garças a Araguaiana.

A MT 100 também está sendo asfaltada de Pontal do Araguaia a Alto Araguaia por um consórcio de quatro empreiteiras. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »