13/01/2020 às 16h17min - Atualizada em 13/01/2020 às 16h17min

Porque investidores estão atentos ao Mercado Imobiliário de Cuiabá?

Confira o crescimento na procura de imóveis em Mato Grosso

ARAGUAIA NOTÍCIA
Assessoria
Os principais motivos pelos quais o Brasil hoje em dia pode ser considerado uma das melhores oportunidades de investimento do mundo incluem, entre outros, uma economia forte, matriz energética limpa e um grande mercado doméstico.
 
Está ocorrendo uma grande recuperação na venda de imóveis em Cuiabá. Os empréstimos hipotecários também aumentaram em 2018 devido às baixas taxas de juros e ao aumento da confiança do consumidor.
 
Pela primeira vez desde julho de 2017, os preços nominais das casas subiram, pois o índice FIPEZAP do Brasil subiu ligeiramente 0,07% até fevereiro de 2019.
 
Mas é importante lembrar aos nossos leitores que os preços nominais das casas não são "reais" e, tendo isso em conta, observa-se que os preços das casas caíram em 3,68% quando ajustados pela inflação. Agentes imobiliários, assim como analistas de setores relacionados ao de imóveis, esperam principalmente um melhor desempenho do setor imobiliário nos próximos anos. E isso não só no mercado imobiliário nacional, mas também no mercado local de Cuiabá, devido ser uma área bastante promissora para o setor, principalmente na área de propriedades de luxo.

O mercado imobiliário possui investimentos em alta, e o que é o mais sensível às mudanças econômicas, registrou resultados positivos no final de 2019. Além do retorno de lançamentos, houve aumento na compra de imóveis e aquisição de financiamentos. Para os representantes do setor, a perspectiva é que o ano de 2020 inicie aquecido e favorável para quem quer investir mais em imóveis.
 
Essa volta pela procura de imóveis é marcada pela queda da taxa Selic, considerada com a mãe da economia brasileira, e que atualmente está em 5% ao ano. A redução desta taxa provocou uma revolução nas taxas de juros dos financiamentos imobiliários, o que tornou o setor mais atrativo para os investidores. Estes dados são do relatório de acompanhamento do mercado imobiliário realizado pelo Sindicato de Habitação de Mato Grosso (Sicovi).
 
Juntamente com o restante do estado de Mato Grosso, o mercado de imóveis em Cuiabá tem crescido exponencialmente nos últimos dez anos.
 
Segundo dados do Sinduscon / MT (Sindicato da Construção Civil e Indústria de Mato Grosso), com aproximadamente 550 mil habitantes morando na capital, estima-se que atualmente estejam em construção 15 a 20 mil unidades residenciais.
 
Ainda de acordo com o Sinduscon, a organização da Copa do Mundo deu mais um impulso ao crescimento de Cuiabá, pois foi capaz de gerar três bilhões de reais em investimentos relacionados à construção pública até 2014.
 
Mantendo o crescimento da região, inspirado em locais mais desenvolvidos e organizados do país, o mercado de luxo está começando a crescer cada vez mais. Segundo o relatório “Luxo, Demografia e Estilo de Vida no Brasil”, da empresa norte-americana Bain and Company, esse mercado está aumentando no país em mais de 20%. Mesmo com opções de construção para todos os tipos de clientes, as construtoras também investiram na combinação de luxo e lazer em imóveis em Cuiabá, especialmente na parte norte da cidade.
 
Locais que antes eram considerados distantes agora são considerados locais privilegiados, graças à expansão de pontes e avenidas, que permitem acesso fácil e rápido. Mais esportes de elite, como golfe e tênis, são algumas das atrações desses edifícios, que reservam ainda mais luxo e conforto. Dessa forma, o Governo Federal, por meio de investimentos possibilitados pela Caixa, trouxe conceitos e serviços diferentes para Cuiabá, a fim de atender às demandas de vários estilos de vida, razão pela qual todos os imóveis corporativos, apartamentos e casas lançados são singulares.
 
Com tantos diferenciais, os edifícios em Cuiabá são vistos como uma opção segura de investimento e consolidação do patrimônio, por isso muitas pessoas tem buscado os imóveis à venda em Cuiabá.
 
A valorização da renda de alugueis de imóveis, com a busca de imóveis em alta, quem está disposto e pode a arriscar, conta com uma rentabilidade maior do que os investimentos de renda fixa. Além disso, os investidores mais atentos ao mercado podem pagar o financiamento, com o dinheiro do aluguel do imóvel, assim o imóvel se paga por si só.
 
Sobre os grandes investimentos em infraestrutura do Governo Federal, vai ampliar a procura de imóveis na região, o que é outro grande ponto positivo para o crescimento do mercado imobiliário de Cuiabá.
 
Até 2020, milhares de projetos de infraestrutura de médio e grande porte serão concluídos e inaugurados (a maior parte deles de caráter privado, indicando que o setor privado está um passo à frente em comparação ao setor público) no país, o que deve beneficiar bastante o mercado de imóveis corporativos, apartamentos e casas à venda em Cuiabá.
 
Alguns dos projetos para melhorar as cidades, realizado por empresas privadas, públicos e de parceria pública:
 
A Ferrovia Norte-Sul de Itaqui, que vai ligar Maranhão a Anápolis, do estado de Goiás, e uma extensão dessa ferrovia que leva a Estrela d´Oeste, no estado de São Paulo. A Ferrovia do Norte (Ferronorte) em Cuiabá, que faz parte do Transnordestin Raily; Parte da FIOL Ferroviária entre Varreiras e Ilhéus, todas essas implantações vão ajudar no desenvolvimento do país.

A implantação de 2 mil novas agências da Caixa Econômica Federal, que vai gerar muita oportunidade de emprego. A criação de 5 mil pequenos e médios investimentos em saúde e educação, de acordo com o PAC 2, vai garantir mais conforto para a população. Surgimento de cerca de 1,5 milhão de novas habitações e residências, quase zerando o “déficit habitacional” do país. E a criação de cerca de 400 mil novas conexões de água e eletricidade (parte do programa “Água e Luz para Todos”) - praticamente zerando o alto déficit anterior. De fato, o setor apresenta muitas oportunidades boas na área de imóveis, seja para investidores ou simplesmente para quem pensa em mudar-se para a região.
 
 
Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes socias pois mais pessoas podem querer saber e aprender um pouco mais do crescimento do mercado imobiliário de Cuiabá!
Notícias Relacionadas »
Comentários »