06/12/2019 às 19h14min - Atualizada em 06/12/2019 às 19h14min

Adefiva participa de audiência pública sobre inclusão social em Goiânia

Inclusão das pessoas com deficiência no turismo goiano foi tema de discussão na ALEGO

Assessoria
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Assembleia Legislativa de Goiás (ALEGO), por meio da Comissão de Turismo da Casa, promoveu no dia 5 de dezembro, no auditório Costa Lima, audiência pública para debater “Inclusão das Pessoas com Deficiência no Turismo Goiano”. A iniciativa é do deputado Coronel Adailton (Progressistas), presidente do colegiado.

“Em Goiás, vamos buscar a execução de projetos que visem à acessibilidade urbana, à adequação de atividades turísticas e a sensibilização e disseminação de orientações acerca da acessibilidade nos mais diversos setores ligados direta e indiretamente à atividade turística”, ressalta o progressista, ao lembrar que o Ministério do Turismo já trabalha com o Turismo Acessível no âmbito do Turismo Social.

Conforme Adailton, foram convidadas todas as entidades que congregam pessoas com deficiência no Estado de Goiás para participarem do debate. Entre as entidades estão a Associação dos Deficientes Físicos do Estado de Goiás (Adfego); Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Goiás (Adveg); Associação Down de Goiás (Asdown-GO), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), assim como a Federação das Apaes Estado de Goiás (Fempeg) e a Associação dos Deficientes Físicos do Vale do Araguaia (Adefiva) que na oportunidade foi representada pelo presidente, Guilherme Bispo, morador da cidade de Aragarças.



“Com essa iniciativa pretendemos contribuir da melhor forma possível para elaboração de políticas públicas que efetivamente promovam a inclusão da pessoa com deficiência no turismo. Esse debate vai ao encontro das ações e iniciativas do Governo Estadual, bem como do Governo Federal, que buscam defender e garantir condições de vida com dignidade, a plena participação e inclusão na sociedade, e a igualdade de oportunidades a todas as pessoas com deficiência”, complementa.

Para o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, a autarquia pretende unir forças com a Alego em busca de uma legislação estadual que proporcione inclusão da pessoa com deficiência. Ele ainda lembrou a iniciativa da Goiás Turismo, que criou o maior projeto de praia acessível em rios do país. Um projeto de autoria do presidente da Adefiva, Guilherme Bispo.
Notícias Relacionadas »
Comentários »