05/12/2019 às 15h04min - Atualizada em 05/12/2019 às 15h04min

Bolsonaro investirá R$ 37 milhões no aeroporto de Barra do Garças para depois privatizá-lo

Assessoria
ARAGUAIA NOTÍCIA
O convênio de R$ 37 milhões em investimentos para o aeroporto de Barra do Garças será assinado no próximo dia 20. A confirmação foi feita pelo secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, em Brasília. 

O senador Wellington Fagundes (PL-MT), que preside a Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura, que participou do encontro conta que os recursos permitirão obras de pavimentação, cercamento, balizamento e operações de todo o tipo.

“Os projetos já foram aprovados pela Secretaria. Agora, até o dia 20 de dezembro, vamos assinar o termo de compromisso com o município, para que possamos viabilizar investimentos importantes e fortalecer o transporte aéreo desta região. O aeroporto de Barra do Garças é muito importante para nós, está dentro do nosso escopo da aviação regional”, adiantou Glanzmann.

Fagundes afirmou que a liberação dos R$ 37 milhões representa  o desfecho de um trabalho contínuo, de 4 anos de duração e que resultou, inclusive, na concessão de quatro aeroportos no Estado - Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta e Sinop.  “Por isso, quero parabenizar o prefeito Beto Farias, com toda sua equipe de projetos. Esse convênio preparará o aeroporto para que tenha toda infraestrutura e possa ser operado pela própria prefeitura, ou mesmo futuramente concessionado, se for o caso”, comemorou o senador.

Segundo Glanzmann, o aeroporto estava, originalmente, no programa de concessões do Governo, mas foi retirado porque se optou por fazer investimentos com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil. “Hoje, a cidade já está sendo atendida por uma linha aérea, e o objetivo é levar mais competição, reduzindo os preços das passagens e dando maior opção de horários e voos para os passageiros. Para isso, faz-se necessário uma melhoria nas condições de segurança e conforto do aeroporto, trazendo para todos um serviço público de melhor qualidade”, completou o secretário.

Wellington Fagundes disse ainda que Barra do Garças é um município estrategicamente bem localizado, já que é equidistante de Cuiabá e Brasília, e a assinatura do convênio vai permitir a maior independência para a região.

MAIS INVESTIMENTOS – O secretário nacional de Aviação Civil anunciou ainda que outros terminais de Mato Grosso terão investimentos vultosos: Tangará da Serra, que receberá R$ 9,5 milhões; Cáceres, com R$ 9 milhões; e os terminais de Matupá, São Félix do Araguaia e Juína, que contarão com recursos que somam R$ 30 milhões. “Cada cidade tem seu momento próprio, mas todas elas receberão valores semelhantes. Aprovaremos esses projetos, assim como estamos fazendo com Barra do Garças”, finalizou Glanzmann.
Notícias Relacionadas »
Comentários »