29/11/2019 às 16h23min - Atualizada em 29/11/2019 às 16h23min

Com aposentadorias, Barra do Garças corre risco de ficar apenas com 3 delegados

Quatro delegados devem pedir aposentadoria nos próximos meses aumentando o desfalque na maior cidade do Araguaia e atualmente ficariam somente três. A direção da Polícia Civil diz que fará nova chamada no cadastro reserva do concurso para suprir demanda de Barra do Garças

Araguaia Notícia
Direção da Polícia Civil realização correição em Barra do Garças


A maior cidade do Vale do Araguaia, Barra do Garças, que já teve 8 delegados atuando simultaneamente pode ficar apenas com três a qualquer momento. Isso porque quatro já manifestaram interesse de se aposentarem, pois já preencheram o prazo legal.

A primeira baixa na equipe foi aposentadoria da delegada Débora Cardoso e para função dela a direção da Polícia Civil deve anunciar nos próximos dias em breve uma nova delegada para Barra.

Os próximos a saírem devem ser: o delegado regional, Adilson Gonçalves, que inclusive é pré-candidato a prefeito de Barra do Garças e comentou que deve sair em abril prazo limite da lei eleitoral para que ele possa disputar a eleição; Antônio Moura, que atua hoje na 2ª DP; Delson Moura, que está na Delegacia Especializada do Adolescente e Heródoto Fontenelle, titular da Delegacia da Mulher.

A direção da Polícia Civil esteve na quinta-feira (28/11) em Barra do Garças onde tratou sobre este assunto com os policiais lotados nesta regional. Caso se confirme as aposentadorias anunciadas, permanecem atuando na Barra: Wilyney Borges Santana, que é cotado para assumir a regional; Adriano Alencar, titular da 1ª DP, e Nelder, que é adjunto da Derf.



Direção da Polícia Civil realiza correição em Barra do Garças
Por Clenia Lima / Barra 40 Graus  

Policiais Civis da Regional de Barra do Garças participaram na quinta-feira (28/11) no plenário da Câmara Municipal de uma reunião que contou com a presença do diretor Geral da Instituição no estado Mário Demerval Aravéchia de Resende.

Acompanhado pelo Diretor do Interior Walfrido Franklin do Nascimento, a visita fez parte do cronograma de correições nas 13 (treze) Delegacias Regionais do interior do estado.

Acompanhar a prestação de serviços na unidade e corrigir eventuais irregularidades são os objetivos das visitas iniciadas no dia 1°deste mês.

Na região do Araguaia a correição teve início na cidade de Vila Rica, Água Boa e Barra do Garças.

“Apesar do déficit de servidores, as delegacias do interior têm desempenhado com eficiência suas ações. A regional de Barra do Garças está colaborando para a redução do índice de criminalidade no estado”, destacou Walfrido Nascimento Diretor do Interior, se referindo aos números apresentados por Barra do Garças que apontam considerável redução nos casos de roubos e 100% de resolução nos crimes contra a vida, tentados e consumados.

Mário Rezende Diretor Geral da Instituição reconheceu e elogiou o trabalho desenvolvido pela Regional, enfatizando que embora haja a necessidade de aumento do efetivo a unidade local trabalha com a média mínima ideal que é de 2 (dois) policiais para cada mil 1.000 (um mil) habitantes.

O déficit no quadro de delegados é uma das dificuldades enfrentadas pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.
Na Regional de Barra do Garças a baixa será de 4 (quatro) delegados que estarão se aposentando.

“Estamos incluindo nesta regional uma delegada que irá ocupar o lugar de uma outra já aposentada anteriormente, e aguardamos a convocação dos delegados que estão no cadastro de reserva do concurso público” disse Mário Resende.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

0.9%
3.6%
11.8%
83.7%