15/11/2019 às 23h01min - Atualizada em 15/11/2019 às 23h01min

Mulher morre com queda de avião em resort VEJA VÍDEO

Avião pegou fogo logo depois; acidente no Sul da Bahia aconteceu por volta das 14h30 e deixou ainda nove pessoas feridas

Correio 24 Horas
ARAGUAIA NOTÍCIA


Um avião caiu durante o pouso na pista do resort Kiaroa Eco-Luxury Resort, na praia de Barra Grande, distrito de Maraú, na região sul da Bahia, nesta quinta-feira (14).

Segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura da cidade, o acidente ocorreu pouco depois das 14 horas e deixou uma mulher morta e outros nove feridos. Até às 15h, não havia informações de mortos, mas, por volta das 16h30, a prefeitura confirmou que uma mulher morreu e outras nove pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança.

A Polícia Civil informou que equipes da Delegacia Territorial (DT) de Maraú realizam os levantamentos iniciais sobre a queda do avião. "A unidade expediu a guia de remoção da vítima fatal", diz a nota.

 
Ainda conforme a prefeitura de Maraú, parte dos sobreviventes tem ferimentos graves. Eles foram levados ao posto de saúde de Barra Grande e depois trazidos de avião para Salvador. A prefeitura também informou que todas as pessoas que estavam na aeronave - um bimotor Cessna C550, de prefixo PT- LTJ - conseguiram sair antes do fogo tomar conta do avião totalmente.
 
Em contato com o CORREIO, o empresário Tiago Resende, 40 anos, que testemunhou o acidente, contou que escutou um forte estouro antes da aeronave cair. Depois só avistou fogo e uma fumaça preta. "Ouvi o estouro e um barulho de uma coisa arrastando. Depois, quando virei, só uma fumaça bem escura e muito fogo", afirmou ele, que estava em um terreno próximo ao que ocorreu o acidente. 

Resende chegou a ficar a cerca de 200 metros da aeronave e viu uma equipe do resort prestar os primeiros socorros às vítimas. " "Tentei chegar próximo para socorrer, caso tivesse alguém, mas o fogo estava muito grande e tinha uma cerca impedindo a passagem. Não tinha condição nenhuma de chegar mais perto. Vi o pessoal do hotel dando suporte e vi que uma pessoa ferida, mas não sei dizer se ela estava na aeronave. Ela estava em pé”, afirmou. Tiago disse ainda que chegou a ouvir outras explosões pequenas quando se aproximou do avião.  

Ainda não há confirmação sobre o total de pessoas que estavam no avião e nem sobre o que provocou a queda da aeronave.

Conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião, um bimotor Cessna C550, de prefixo PT- LTJ fabricado em 1981, é de propriedade do empresário José João Abdalla Filho, mais conhecido como Juca Abdalla, dono do Banco Clássico. Ele não estava na aeronave.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
5.1%
19.8%
73.4%