10/11/2019 às 17h53min - Atualizada em 10/11/2019 às 17h53min

Motorista suspeito de matar engenheira após perseguição no trânsito é identificado

Engenheira de 28 anos foi atingida com um tiro na cabeça depois de uma perseguição por causa de uma ultrapassagem que o namorado dela teria feito

Yasmim Oliveira, Centro América FM
ARAGUAIA NOTÍCIA / AGUA BOA NEWS


A Polícia Civil identificou no domingo (10/11) o suspeito de atirar contra a caminhonete em que estava a engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, e matá-la com um tiro na cabeça, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá.
 
O veículo foi alvo de disparos na noite de sexta-feira (8), depois do veículo conduzida pelo namorado dela ultrapassar uma caminhonete e ser perseguido pelo motorista desse outro veículo pelas avenidas da cidade.
 
Segundo a Polícia Civil, a ultrapassagem foi feita em frente a um posto de combustível localizado na Avenida Brescansin, esquina com a Avenida dos Imigrantes.
 
O casal foi perseguido pelo motorista por um longo trecho da cidade até que em determinado momento, próximo a um hospital particular localizado na Avenida Brasil, o suspeito sacou uma arma e disparou contra a caminhonete do casal, atingindo Julia na cabeça.
 
Após efetuar o disparo, o suspeito fugiu em direção a uma rodovia estadual, a MT-242.
 
Veículo foi encontrado abandonado  — Foto: Divulgação

Veículo foi encontrado abandonado — Foto: Divulgação

Veículo foi encontrado abandonado — Foto: Divulgação
 
Na manhã deste domingo, o veículo foi localizado pela Policia Militar em uma região de mata, próximo ao Bairro Rota do Sol. O veículo com placas de Santa Carmem, a 493 km de Cuiabá, não tem registro de roubo ou furto e está com a documentação em dia.
 
A polícia continua com a investigação e não divulgou o nome do suspeito. Até a publicação desta reportagem ele não havia sido preso.
 
Julia Barbosa estava em Sorriso a passeio. Ela morava na cidade de Cornélio Procópio, no Paraná, para onde o corpo foi transladado, neste domingo.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.7%
5.1%
18.9%
74.4%