08/11/2019 às 11h49min - Atualizada em 08/11/2019 às 11h49min

Mato Grosso promove domingo em Cuiabá Encontro Afro Religioso

O evento abordará temas ligados a religão africana e contra a intolerância religiosa

Assessoria
ARAGUAIA NOTÍCIA
Mato Grosso estará promovendo neste domingo (10/11) o sétimo Encontro Afro Religioso Estadual, que acontece a partir das 15.00 horas, no Ginásio Dom Aquino em Cuiabá. A Umbanda é uma religião brasileira, fundada no dia 15 de novembro de 1908 por Zélio Fernandino de Moraes sob a incorporação do Caboclo das Sete Encruzilhadas. Neste sentido, a religião tem influência da grande diversidade étnica, religiosa e cultural brasileira, agregando elementos indígenas, cristãos, espíritas, africanistas e orientais.

Tendo três pilares que a tomam como base, sendo estes: o amor, a caridade e a humildade. Inicialmente o evento era realizado como sendo o Encontro Umbandista de Cuiabá, entretanto, a partir deste ano, na intenção de integrar sem reservas ele passa a ser integrativo, no sentido de unir todos os movimentos afro-religiosos do estado.



O Movimento Umbanda em Cuiabá (MUC), realiza esse ano o 7º encontro que visa, além de comemorar os 111 anos de fundação da Umbanda, unir os adeptos dos Cultos Afros, bem como membros de outras religiões e leigos que queiram prestigiar e conhecer um pouco das bases das crenças afro-brasileiras, promovendo apresentações teatrais e musicais, falas de lideranças afro-religiosas do estado e principalmente, esclarecimentos em respeito ás práticas religiosas visando com isso a diminuição da intolerância e preconceito do qualseus praticantes costumeiramente são vitimas.

Nesse sentido o evento abordará temas relacionados às diversas formas de intolerância religiosa frequentemente sofridas por comungantes de diversas religiões, principalmente as de matrizes africanas no Brasil.

A intolerância é filha da falta de conhecimento e sendo a ignorância a principal causa da intolerância, é de enorme importância a presença dos meios de comunicação, que como são divulgadores de conhecimento, podem auxiliar na formação da opinião dos cidadãos, impulsionam a disseminação daquilo que de fato é o Culto Afro Religioso, fazendo com que se minimizem os casos de agressões – sejam elas físicas, morais, psicológicas, entre outras – por meio da consciência de que a Religião prega o amor, a humildade e a caridade, e merece respeito, assim como todas as outrasreligiões.

Portanto, contamos com sua presença e auxílio na divulgação e cobertura do evento.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »