23/08/2019 às 19h13min - Atualizada em 23/08/2019 às 19h13min

Polícia Civil prende jovem acusado de abusar sexualmente de suas três irmãs

Assessoria / PJC MT
ARAGUAIA NOTÍCIA


Um jovem, acusado de abusar sexualmente de suas três irmãs menores de idade, foi preso pela Polícia Judiciária Civil da cidade de Vila Rica, na noite de quarta-feira (21.08), em ação para cumprimento de mandado judicial.

O suspeito de 22 anos, teve a ordem de prisão preventiva expedida pela Comarca de Vila Rica, pelo crime de estupro de vulnerável, praticado contra três irmãs de 14, 12 e  6 anos. Os abusos ocorriam no local onde a família mora na zona rural do município.

As investigações iniciaram no mês de junho deste ano, após a adolescente de 14 anos procurar a polícia alegando ter sido vítima de maus tratos e abuso sexual pelo irmão no final do ano de 2018.



Durante as diligências, as outras duas irmãs do suspeito, de 12 e  6 anos, revelaram para uma professora da escola, que também eram violentadas pelo irmão. As crianças realizaram exame de corpo de delito, ficando constatado em todas os abusos sexuais.

Diante da gravidade dos fatos, o delegado de Vila Rica, José Getúlio Daniel, representou pelo pedido de prisão preventiva do suspeito, sendo na quarta-feira (21.08), realizada a audiência de “depoimento especial” das vítimas, as quais confirmaram os abusos que vinham sofrendo já há certo tempo.

Logo após a audiência o Poder Judiciário da Comarca de Vila Rica deferiu o mandado de prisão preventiva contra o acusado.

Com a ordem judicial decretada, os investigadores saíram em diligências conseguindo localizar e prender o suspeito, na noite de quarta-feira (21), em uma propriedade agrícola na zona rural do município de Vila Rica, onde morava com os pais e as irmãs.

O delegado de José Getúlio Daniel alerta sobre a importância da família estar sempre atenta ao comportamento das crianças, tendo em vista que muitas vezes, esse tipo de crime é cometido dentro do seio familiar, por parentes ou pessoas próximas.

“Nesse caso, o abusador foi extremamente cruel, pois além da violência sexual contra as próprias irmãs, ele ameaçava de morte as meninas e a mãe caso, alguma delas falassem algo. O suspeito vigiava para que as meninas não ficassem sozinhas com a mãe. Além de abuso sexual existia também tortura psicológica”, lamentou o delegado.

Após cumprimento do mandado de prisão, o suspeito foi conduzido para Delegacia de Polícia de Vila Rica para providências cabíveis, e posteriormente levado para Cadeia Pública da cidade, ficando à disposição da Justiça.

Da redação: o nome do suspeito foi divulgado pela polícia porém, não publicamos nesta matéria para não direcionar as irmãs, pois todos se conhecem na região onde residem.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.0%
19.9%
73.3%