31/07/2011 às 10h34min - Atualizada em 31/07/2011 às 10h34min

Empresa vai ter que doar kits escolares para compensar crime ambiental

Olhar Direto
Reprodução

A empresa JBS/Friboi, dona de um dos maiores conglomerados de carne bovina do mundo, foi notificada a doar kits escolares educativos e instalarem equipamentos para reduzir a emissão de odores e gases poluentes em Barra do Garças, a 503 km de Cuiabá. O acordo foi assinado dia 26 de julho com a participação de diretores da unidade barra-garcense que abate mais de 1.600 bois por dia e representantes do Ministério Público Estadual (MPE).

Um termo de ajuste de conduta foi assinado onde a empresa se compromete em controlar a emissão de odores provenientes do abate, processamento e beneficiamento da carne bovina. A primeira providência a ser adotada será o aperfeiçoamento da operação do Sistema de Tratamento de Gases dos Digestores. O frigorífico comprometeu-se em instalar, no prazo de 30 dias, no setor de graxaria, dispositivo de alerta de falha operacional do sistema de tratamento de gases para que eventuais problemas possam ser corrigidos de maneira imediata...

O grande trunfo obtido pelo MPE nesse acordo foi o compromisso da empresa para compensar os danos ambientes causados à população, a doação de kits escolares de Educação Ambiental nas escolas da rede municipal de Barra do Garças e de coleta seletiva de lixo. O kit de Educação Ambiental, por exemplo, deverá contar com material didático composto por cartilha ilustrada, folders, banners, camisetas, botons e adesivos referentes ao combate às queimadas.

O descumprimento das cláusulas estabelecidas no Termo de Ajustamento de Conduta implicará no pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil. O TAC foi assinado na terça-feira (26). Assinaram o documento, os promotores de Justiça Marcos Brant Gambier Costa e Wesley Sanchez Lacerda; a gerente administrativa da Friboi, Andréa Nacif da Silva Gesta; o advogado da empresa, Ricardo Tibério; e o diretor regional da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Cleber Fabiano Ferreira

O frigorífico se prontificou em instalar dentro de 90 dias um telefone para reclamações, registro de chamadas e para controle de ocorrências sobre eventual emissão de odores ofensivos. O grupo JBS Friboi é o maior empregador direto de Barra do Garças com quase dois mil funcionários e mantém negócios em vários continentes do mundo.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%