15/08/2019 às 22h27min - Atualizada em 15/08/2019 às 22h27min

Prefeito de Cáceres recebe R$ 30 mil e tem o maior salário entre os gestores de MT

O site RDNews, do competente jornalista Romilson Dourado, fez um levantamento dos salários dos 11 maiores municípios de Mato Grosso. O maior salário é do prefeito de Cáceres que recebe 30 mil; e o menor salário é de Beto Farias de Barra do Garças que recebe 10 mil por mês

Romilson Dourado / RDNews
ARAGUAIA NOTÍCIA
Gráfico e foto: RDNews
Francis Maris (PSDB), de Cáceres, é o mais bem remunerado de todos os 141 prefeitos mato-grossenses. Recebe R$ 30 mil brutos (R$ 360 mil anual).

Ao longo dos oito anos de mandato, que encerram-se em dezembro de 2020, Francis terá embolsado R$ 2,8 milhões de subsídio. Na outra ponta está Beto Farias (MDB), de Barra do Garças, que ganha  R$ 10 mil, o menor salário pago aos 11 prefeitos das maiores cidades do Estado.

Fora as despesas pessoais de prefeito, as demais são custeadas pelo município, incluindo telefonia, transporte, alimentação e hospedagem.

Dos 11 pesquisados por este Blog, Ari Lafin (PSDB), de Sorriso, detém a segunda maior remuneração, com R$ 28,8 mil, seguido do emedebista de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin (R$ 27,3 mil). Fábio Junqueira (MDB), de Tangará da Serra, e Rosana Martinelli (PR), de Sinop, ganham R$ 24 mil cada.

O prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) recebe R$ 23,6 mil. O rondonopolitano Zé do Pátio (SD) conta com subsídio de R$ 20 mil, e Lucimar Campos (DEM), de Várzea Grande, R$ 18,5 mil. Os menores salários são pagos a Asiel Bezerra (MDB), de Alta Floresta e com rendimento de R$ 16,8 mil; a Luiz Binotti, de Lucas do Rio Verde, com R$ 13,4 mil; e ao barra-garcense Beto Farias, com R$ 10 mil.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
4.6%
19.6%
74.0%