15/08/2019 às 21h54min - Atualizada em 15/08/2019 às 21h54min

Casal que matou dono de bar para roubar R$ 200,00 é preso em menos de 3 horas do crime

Eles usaram um taco de sinuca e uma faca para matarem o proprietário de um bar e depois fugiram de taxi. Em menos de três, a PJC e PM conseguiram prender o casal. A mulher assume o crime e homem tentou desconversar. Ambos já estão presos

Assessoria PJC GO
ARAGUAIA NOTÍCIA
Foto PJC GO


Uma operação conjunta envolvendo a Polícia Civil de Aragarças e Polícia Militar de Piranhas com apoio do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) resultou na prisão em flagrante delito de um casal suspeito de latrocínio que vitimou João Pereira dos Santos, 56 anos, proprietário de um bar na cidade de Piranhas-GO.

Os suspeitos Paulo Ferreira, 29 anos; e Marcielle da Silva, 22 anos, foram presos quando retornavam da cidade de Arenópolis em um táxi. Eles cometeram o crime em Piranhas foram até Aeronópolis e quando regressavam foram presos pela polícia.

As investigações pelas equipes apontaram que o casal foi ao bar que pertence à vítima por volta das 5 hs da manhã de sexta-feira (15/8) e, para subtrair a quantia aproximada de R$ 200,00, agrediram a vítima com um taco de sinuca e diversas perfurações de faca pelo corpo.

Após o crime, o suspeito Paulo, ateou fogo na própria roupa que estava molhada de sangue da vítima. 



Em seguida, o casal e outras duas pessoas, todas usuárias de drogas, pegaram um táxi para a cidade de Arenópolis, retornando posteriormente, instante em que foram abordados pela equipe da Polícia Militar de Piranhas.

O delegado Ricardo Galvão, responsável pelo caso, destacou a frieza e maldade dos envolvidos para subtrair a quantia de R$ 200,00. “Trocaram uma vida por R$ 200,00 declarou Galvão”.

Diante dos fatos, Galvão afirmou que ambos foram autuados em flagrante delito pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
4.5%
19.5%
74.2%