13/08/2019 às 07h49min - Atualizada em 13/08/2019 às 07h49min

Mulher que matou marido a pauladas em Barra do Garças é colocada em liberdade após justificar legítima defesa

Araguaia Notícia
No mesmo dia do crime, a dona-de-casa K.N.M., de 40 anos, foi submetida a audiência de custódia onde foi aceito inicialmente o argumento de legítima defesa que ela apresentou à polícia.
 
O crime aconteceu na manhã de domingo (11/8) quando a dona de casa entrou em atrito com esposo José Carlos, de 45 anos, por causa da filha que ele não aceita que ela tenha um namorado.

Segundo a mulher, o esposo ficou violento e tentou agredi-la juntamente com a filha e para se defender ela pegou um porrete que tinha em casa e desferiu um golpe na cabeça de José Carlos.

Quando a polícia chegou na casa do casal na Vila Maria encontrou o marido caído numa cama e sinais de massa encefálica do lado. Os bombeiros foram acionados para socorrê-lo mas quando chegaram constataram que José Carlos estava sem vida.

Já a jovem B.M.L,18, que é enteada da vítima, contou aos policiais que, José Carlos não aceitava  que ela se se relaciona com ninguém, chegando a ameaça-las de morte e atear fogo na residência.

Conforme narrativa do boletim de ocorrência, José Carlos teria  então agredido fisicamente a esposa K.N.M, que em posse de um pedaço de madeira partiu para cima do marido, desferindo vários golpes na cabeça dele.

No local, os PMs localizaram a vítima agonizando em cima da cama num quarto, com massa encefálica exposta, foi quando os militares acionaram o resgate de Corpo de Bombeiros, porém quando a guarnição chegou ao local, constataram que a vítima já estava sem vida.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a K.N.M, que foi conduzida para a Central de Flagrantes acompanhada de sua filha. Uma equipe da POLITEC foi acionada e compareceu ao local para a realização da perícia e posteriormente a liberação do corpo.




 
Notícias Relacionadas »
Comentários »