12/08/2019 às 07h25min - Atualizada em 12/08/2019 às 07h25min

Casal discute por causa da filha namorar e mulher mata esposo a pauladas em Barra do Garças

A mulher alegou legítima defesa e teve a prisão relaxada após apreciação do Poder Judiciário

Redação + Assessoria PM - MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
PM-MT
Os Policiais militares do 2º batalhão da PM, em Barra do Garças (509 km de Cuiabá) foram acionados no início da manhã de domingo (11/8), inicialmente por uma denúncia de estupro seguida de tentativa de homicídio, no bairro Vila Maria.

Imediatamente as guarnições da PM se deslocaram até o local, onde encontraram a suspeita K.N.M de 40 anos.

A suspeita, que é esposa da vítima José Carlos, de 45 anos, contou aos militares que, durante a madrugada teria entrado em uma discussão com o marido, sobre o fato da filha namorar ou não.

Já a jovem B.M.L,18, que é enteada da vítima, contou aos policiais que, José Carlos não aceitava  que ela se relaciona-se com ninguém, chegando a ameaça-las de morte e atear fogo na residência.

Conforme narrativa do boletim de ocorrência, José Carlos teria  então agredido fisicamente a esposa K.N.M, que em posse de um pedaço de madeira partiu para cima do marido, desferindo vários golpes na cabeça dele.

No local, os PMs localizaram a vítima agonizando em cima da cama num quarto, com massa encefálica exposta, foi quando os militares acionaram o resgate de Corpo de Bombeiros, porém quando a guarnição chegou ao local, constataram que a vítima já estava sem vida.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a K.N.M, que foi conduzida para a Central de Flagrantes acompanhada de sua filha. Uma equipe da POLITEC foi acionada e compareceu ao local para a realização da perícia e posteriormente a liberação do corpo.

Custódia 

Ontem mesmo teve a audiência de custódia no Fórum e após ouvir o relato da polícia, o juíz de direito decidiu relaxar a prisão da mulher acusada de matar o esposo a pauladas aceitando inicialmente a alegação de legítima defesa. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »