24/07/2019 às 17h54min - Atualizada em 24/07/2019 às 17h54min

Exército fará fiscalização de clubes de tiro no Araguaia

Essa ação será desenvolvida em doze regiões militares alcançando todo o território nacional

Araguaia Notícia


Um comunicado foi enviado pelo 58º Bimtz, batalhão Sentinela do Araguaia, informando que o Exército, por meio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC), iniciou, nesta semana, a Operação Impacto 3 para fiscalizar entre outras coisas o funcionamento de clubes de tiro em Mato Grosso.

A Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) irá coordenar os trabalhos operacionais que serão desenvolvidos, simultaneamente, pelas 12 Regiões Militares, alcançando todo o território nacional.

A Operação Impacto 3 visa a fiscalizar os eventos desenvolvidos pelos clubes de tiro e os atiradores em atividades nesses locais. Além disso, visa a incrementar os laços de colaboração e troca de experiências com aquelas entidades e seus usuários, por meio de orientações, com o propósito de ampliar a qualidade dos serviços prestados pelo SisFPC.

A verificação da documentação, das condições de segurança, das ações no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE) e do controle da prática do tiro esportivo, são alguns dos aspectos a serem conferidos, tudo de acordo com as normas em vigor.

No âmbito da 9ª Região Militar, cerca de 50 (cinquenta) militares compõem 15 (quinze) equipes, que irão fiscalizar mais de 40 (quarenta) entidades de tiro presentes nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no município de Aragarças-GO.

Operações como esta impactam diretamente na segurança pública nacional, contribuindo para o incremento da sensação de segurança e do bem-estar da sociedade brasileira.

O arcabouço legal para o desenvolvimento da atividade de Fiscalização de PCE está previsto no inciso VI, do Art 21 da Constituição Federal e no Decreto nº 3.665, de 20 de novembro de 2000 (R - 105).

Mais informações você pode obter 
 
Contato: (67) 3368-4144 - [email protected]
Notícias Relacionadas »
Comentários »