16/07/2019 às 17h08min - Atualizada em 16/07/2019 às 17h08min

UFMT de Barra do Garças tem energia elétrica suspensa por falta de pagamento

Só Notícias
ARAGUAIA NOTÍCIA
Os campi da Universidade Federal de Mato Grosso em Sinop, Cuiabá e Barra do Garças tiveram a energia elétrica suspensa pela concessionária por falta de pagamento, hoje, por volta das 11h. De acordo com a instituição, estão atrasadas seis contas – quatro de 2018 e duas deste ano. As aulas foram suspensas.

Procurada por Só Notícias, a assessoria da UFMT não revelou o valor da dívida com a concessionária, mas informou que deve realizar uma reunião durante esta tarde e emitir um comunicado sobre os avanços e resultados das negociações para restabelecer a energia nas unidades de ensino.

Consta no relatório gestão e prestação de contas da universidade que o valor real de gastos com energia elétrica em 2018 foi na ordem de R$ 15 milhões. Desse valor, não foram computados nos cálculos da execução mais de R$ 3,7 milhões que se referem ao somatório das faturas não pagas dos meses de outubro a dezembro de todos os campi. No ano passado, a energia elétrica foi responsável por 87%  (R$ 11,2 milhões) dos gastos da UFMT, seguido de água e esgoto com 12% (R$ 1,4 milhão) e serviços de telecomunicações com 1% (R$ 182 mil).

Em Sinop, assim que foi suspensa a energia, acadêmicos e professores haviam acabado de operar um cachorro, no Hospital Veterinário. Sem a energia e o resfriamento necessário, remédios e produtos utilizados na unidade já estão sendo danificados. Os atendimentos já foram suspensos e os donos dos animais comunicados para buscá-los.

A diretora da unidade médica da UFMT, Luanna Ferreira Fasanelo Gomes, disse que o corte de energia foi inesperado. “Trouxe grandes prejuízos. Nós tínhamos cirurgias de emergência, animais que estavam internados e em monitoramento. Tivemos que transferir esses animais para clínicas particulares . Foi uma correria muito grande. Temos medicamentos que estão sendo perdidos. O maior problema é que temos vidas em mãos”.
Notícias Relacionadas »
Comentários »