10/07/2019 às 17h22min - Atualizada em 10/07/2019 às 17h22min

Negociação avança e greve dos professores pode acabar na 5ª em MT; VEJA VÍDEO

Estado promete pagar pontos cortados e se reunirá a cada quadrimestre com categoria para pagar reajuste.

Folhamax / Resumo do Dia
ARAGUAIA NOTÍCIA
Reprodução


A nova rodada de negociação entre Governo do Estado e o Sintep (Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público), mediada pelo Tribunal de Justiça, deve resultar no fim da greve da categoria a partir da próxima semana. A categoria, parada desde 27 de maio, realiza uma assembleia geral na próxima quinta-feira.

Em audiência realizada no Tribunal de Justiça, o governo fez a proposta para pagar o ponto cortado dos professores. Ele será pago em duas parcelas – em 26 de julho e 26 de agosto -. Além disso, os dias faltados em julho não serão descontados.

O grande imbróglio – a lei 510/2013 – também teve uma proposta, apesar do Executivo descartar fazer qualquer tipo de pagamento de imediato. A proposta é de realizarem reuniões a cada quadrimestre para avaliar a evolução da receita e controle da despesas.

O pagamento de reajuste salarial só está condicionado ao enquadramento do Estado aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que é de 49% da receita com salários. 

O Governo saiu otimista da reunião e prevê o retorno as aulas a partir da próxima segunda-feira (15). "Estamos confiantes no retorno das aulas a partir da próxima segunda-feira", pontou. 

Já a direção do Sintep destacou que uma posição final ocorrerá apenas na assembleia geral.
Notícias Relacionadas »
Comentários »