04/07/2019 às 06h43min - Atualizada em 04/07/2019 às 06h43min

Mulher é encontrada morta ao lado da filha de 4 meses

A criança estava suja e com fome mas está bem e ficou sob a responsabilidade do Conselho Tutelar

Clique F5 / Pérsio Souza
ARAGUAIA NOTÍCIA


Uma mulher de aproximadamente 23 anos foi encontrada morta com uma faca cravada embaixo do braço, na tarde de hoje (3), na Avenida Brasil, no Parque Castelândia, em Primavera do Leste-MT. A vítima foi identificada como Thais Maria Santos Gomes, 23. Ela estava apenas com a filha de quatro meses, que estava embaixo dela, com fome e suja de sangue. O marido é caminhoneiro e está em viagem. O vizinho foi quem a encontrou morta.

  Segundo informações do vizinho, o marido da vítima entrou em contato com ele, pois não conseguia falar com a esposa. “O marido dela me ligou, pediu para eu ir lá, eu chamei, ninguém apareceu. Então eu pulei o muro. Fui na porta, bati e nada, a hora que eu entrei eu vi ela caída no colchão. O marido dela disse que estava tentando falar com ela desde ontem. Só olhei e vi o cabo da faca debaixo do braço dela e a criança chorando”, contou Aldemir, que foi quem chamou a polícia e o Conselho Tutelar. A filha de quatro meses estava embaixo da vítima, com fome, a criança tentava mamar. Segundo o Conselho Tutelar a criança chorava bastante e não apresentava ferimentos. “Ela estava com fome e suja, mas não tinha ferimentos.

Ela está bem, ficará sob os cuidados do Conselho Tutelar até a chegada do pai”, relatou a conselheira tutelar Edimaria. A jovem e o marido são naturais do Paraná, e haviam se mudado para residência há três meses. Segundo vizinhos, os dois quase não eram vistos, devido as viagens constantes. Thais, chegou a relatar que estava com medo, já que a sogra a havia ameaçado de morte.

“Ela falou que estava com medo de ficar na casa sozinha, pois ela estava sendo ameaçada pela sogra dela. Pois a sogra dela dizia que a bebê não era filha do marido dela, e por isso estava sendo ameaçada e que a sogra disse que ia pagar alguém para matar ela”, relatou Kézia Caroline, que disse ter visto Thais pela última vez, por volta das 19:30 de terça-feira (02).

Sogra e nora chegaram a discutir na segunda-feira (1º) e a nora teria ido até a casa dela e quebrado alguns objetos. A ocorrência do desentendimento foi divulgada pela nossa equipe de reportagem. A Polícia Civil investiga o caso.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »